semana de 1º de setembro

1. NA TV 


Nada muito espetacular para ver na TV, já que as estreias da temporada começam a partir desta semana. Não vejo a hora de ver Hostages (CBS), que estréia na segunda. É, by far, o melhor programa da temporada. O segundo melhor, se me perguntam a opinião, é About a Boy (NBC), que espero Universal tenha comprado. 

Segunda teve o “roast” de James Franco no Comedy Central. O programa tem um formato inteligente: uma série de comediantes sobe ao centro do palco para falar “coisas horríveis” sobre a personagem sendo “roasted”, que fica ouvindo tudo dali do palco. É comédia, portanto são ditas coisas horríveis do cara sendo falado. Ao final, chega a vez da personagem falar e “devolve” todas as críticas ao convidado. No programa, Sarah Silverman, Adam Samber, Jonah Hill, Seth Rogen  e outros.  Fez 3.1 milhões.  O record de “roast” ainda é de Charlie Sheen, que foi ao ar no dia em que Ashton Kutcher estreou em Two and a Half Men (CBS): 6.4 milhões. E na terça, Jon Stewart voltou ao Daily Show. A audiência subiu em 24%.

CBS continua ganhando com Under the Dome, Master Chef e America’s Got Talent ganharam na TV aberta. Duck Dynasty, Rizzoli & Isles e Breaking Bad ganham no cabo. E duas novelas da Univision continuam no Top 10.

2. NOTICIAS


A semana que entra vai trazer Obama na maioria dos canais abertos para falar da Syria: com Diane Sawyer (ABC), Brian Williams (NBC), Scott Palley (CBS), Chris Wallace (FOX), Wolf Blitzer (CNN) e PBS.

Conforme previsto, CBS ganhou a briga com Time Warner, mas indicando que vai sobrar para o consumidor. Para ter a programação da CBS no ar e ainda pagar por todas as retransmissões em outras plataformas, a Time Warner vai perder dinheiro. Quem vai acabar pagando? A gente, é claro.  Uma análise de Bill Carter, o melhor jornalista de TV por aqui.

Brian Lowry do Variety escreve que o conceito da televisão aberta ainda continua forte, mas a receita que cresce vem de grupos pequenos de fãs que estão dispostos a pagar par aver a serie que quiserem na plataforma  que quiserem.

MSNBC confirmou o talk show com Alec Baldwin: Up Late with Alec Baldwin estréia em Outubro e vai ao ar todas as sextas às 10 da noite.

HBO renovou Newsroom para sua terceira temporada. A segunda ainda tem mais dois episódios para entrarem no ar (um deles hoje à noite).

Muito bonitinhos dois image spots na TV atualmente. Dois creative directors brilhantes (o do A&E e do AMC) e acho que o do AMC veio primeiro, viral, o do A&E foi para o ar.
AMC Breaking Bad Musical:


Duck Dinasty
no A&E imita peça de escola.

 

3. DEVELOPMENT


Em mais um exemplo de troca entre empresas que estão verticalmente integradas, a Fox contratou a ABC Studios para desenvolver uma comédia de Vijal Patel, Courtney Cox e David Arquette. A história é sobre super pais que se dão conta que criar filhos seguros e inteligentes pode tornar a vida um inferno uma vez que cresçam e tornem adolescentes seguros e inteligentes.

Os criadores de Heroes estão desenvolvendo um drama baseado em o Mágico de Oz para o CW, mais especificamente no livro Dorothy Must Die, que será lançado em Abril de 2014. No livro, o clássico se passa nos dias de hoje, 80 anos depois que Dorothy Gale voltou para casa.  Dorothy virou uma fascista com sede de poder que tomou conta da Oz mágica. Outra Dorothy foi levada por um furacão e caiu numa Oz destruída pela guerra, onde descobre um mundo underground revolucionário, cheio de bruxas e seres encantados e que ela está destinada a liderar para recuperar a Oz da fascista.

E a Warner Studios vai desenvolver uma comédia para a Fox com Elle DeGeneres por trás das câmaras. A comedia é baseada num juiz, Greg Mathis, apresentador de um destes programas de tribunais, que vão ao ar durante o dia por aqui. A história é de um juiz que tem total controle da corte enquanto está no tribunal, mas total falta de controle da csa, com seus quatro filhos adolescentes.

A&E vai produzir um reality com cantores country em Nashville.  Crazy Hearts: Nashville vai acompanhar a carreira e vida pessoal de 4 novos cantores de música country enquanto eles perseguem a fama.

NBC e Electus (de Ben Silverman) estão desenvolvendo três telenovelas para o mercado americano, incluindo uma (em ingles) que foi recorde de audiência na Venezuela (grande coisa…). The Black Widow é uma adaptação de La Viuda Joven, de 142 eps exibida em 2011.