semana de 22 de setembro

Uma semana importante na TV e um relatorio meia-boca porque estou submersa em mais um McKee, para levar para vocês em Janeiro…. bjs


1. NA TV

Na segunda a volta do campeão de audiência The Voice (NBC), com juri original, ganhou a noite, claro. E no primeiro break, Carson Daly apresentou um longo trailer de Black List (que viria logo a seguir, com apenas um intervalo comercial patrocinado por Mercedes), garantindo a boa audiência para Black List (uma série com cara de CBS, mas que está na NBC) 11 milhões. Impresssionante. Hostages (CBS), que é melhor, ficou em 10º. Na terça, o spin-off de Avengers e grande prioridade de marketing da Disney, Marvel’s Agents of SHIELD estreou bem, fazendo 12 milhões,  The Voice, ganhou a noite, com 14. Mas em números totais, CBS continua imbatível: NCIS fez 20MM. No cabo, Sons of Anarchy (FX) ganhou a noite.Na quarta, Modern Family estreou com especial de 1 hora e ganhou a noite com 4 pontos de audiência e 12 milhões. Na quinta, Glee voltou com Beatles(FOX), NBC trouxe o queridinho dos americanos Michael J. Fox, ABC teve Grey’s Anatomy (deu nao deu?) e CBS estreou novas temporadas de Big Bang (de uma hora de duração, recorde audiência 18MM) e Elementary mais The Crazy Ones com Robin Williams e outra queridinha dos americanos, Sarah Michelle Gellar. Robin Williams ganhou fácil, com quase 18 milhões. A CBS também ocupou os primeiros postos do top 10 com as comédias de Chuck Lorre e Elementary. E sexta, finalmente, Shark Tank (ABC) continuou em primeiro lugar.

Hoje tem nada mais, nada menos do que 14 estréias mais o finale de Breaking Bad, que vai chegar a 8 milhões fácil (comerciais send vendidos a 300K cada, o que soma mais de 4 milhões pela meia hora, bem acima até de Modern Family em 2012. E os comerciais vem todos com uma ligação a Breaking Bad, seja com o ator, seja com o tema…. Esta é exatamente minha visão de televisão: a estratégia ‘superbowl’). Breaking Bad sai de campo ovacionado, com um episódio de 75 minutos e final cataclismico. Foram 62 episódios ao longo de 5 anos, crescimento de 500% de audiência. E em termos de maratonas e binge-viewing, virou fenômeno de Netflix, Itunes e Amazon. Uma menção do domingo passado: Breaking Bad também quebrando recordes para AMC e o Emmy foi a audiencia mais alta em 8 anos (18 milhões). Marketing da Audi interessante: todos chegavam de Audi e nos comerciais, curtas super bem produzidos (um com Claire Danes). O football ganhou a noite, but who cares….

ABC empacotando seus promos de domingo com sexo. Liderados pela estréia de Betrayal, com Stuart Townsend, o promo termina chamando atenção para os hot guys de Revenge. É de bom gosto, mas apelativo.

De todas as estréias desta semana, aívai meu palpite do primeiro cancelamento: Lucky 7 da ABC ou Super Fun Night (estão estreando com o segundo episódio,mau sinal, vimos o primeiro no LA Screenings e não é engraçado).

2. NOTICIAS

Séries renovadas: Mistresses, Boardwalk Empire, New girl, Persons of INnerest, Two Broke Girls

A JV NBCUniversal e Hearst lançou seu novo canal Esquire esta semana e nomeou Adam Stotsky como presidente. Stotsky já tinha sido general manager da Esquire e outro canal para homens, G4, que foi substituído pelo Esquire. Na programação, Parks and Recreation,  Late Night with Jimmy Fallon e o thriller de ação Burn Notice, mais uma série de originais: American Field Trip (fotografia), How I Rock It (lifestyle), Risky Listing (vida noturna novaiorquina)
Lifetime produzindo programas de reality de crime pela primeira vez:  Killer Profile (6×60’) estréia em duas semanas e vai mostrar o perfil de três criminosos  através de peritos que analizam a mente de serial killers. Cada episódio foca em um assassino famoso, entrevistando detetives que trabalharam no caso, testemunhas e em muitos casos, os próprios assassinos.

Lauren Zalaznick vai deixar a NBC Universal. Fala-se que vai para Yahoo. Ela é sensacional. Ha 12 anos estava na NBCU, levou o Bravo do nada para o líder em audiência feminina nos EUA, especialmente com o lançamento de franquias como The Real Housewives, Top Chef e Project Runway. Ela também supervisionava Fandango e Daily Candy. Com a venda para Comcast, ela perdeu espaço para Bonnie Hammer e chegou a hora dela sair da companhia…

Uma reportagem do Variety esta semana noticiou uma nova tecnologia sendo implantada para que as redes ganhem dinheiro com VOD: patrocinadores permitiriam com que os canais substituíssem os promos que vão ficando antigos com comerciais novos.  Fox deve começar em 2014. Hoje em dia, as redes só recebem com audiência determinada nos três dias seguintes à exibição de um episódio.


3. DEVELOPMENT

A&E vai produzir nos EUA um sucesso francês, The Returned. É um suspense sobrenatural sendo desenvolvido junto com a Fremantle. O original Les Revenants francês, exibido no Canal Plus e Channel 4, é baseado em um filme de 2004 e conta a história de uma cidadezinha que vira de pernas pro ar quando as pessoas que se presumiam mortas começam a voltar e tentam retormar suas vidas normais, quando uma série de assassinatos começam a acontecer

CBS desenvolvendo outra série de suspense, Angel Time, um drama sobre as personagens de The songs of Seraphim, de Anne Rice.

Nichole Millard e Kathryn Price (de The Game Plan) venderam seu segundo projeto esta temporada: Guilt,  um drama que vai ser show-runned pelo ex presidente da ABC, Stephen McPherson.O primeiro projeto foi a comédia Sister Whipped com outro presidente de rede, David Janollari (ex head de programação da MTV que agora tem um first look deal com a NBC). Enfim, Guilt, é um drama que traça um paralelo à história de Amanda Knox, um thriller sexy e meio novela sobre uma americana estudando em Londres  quando sua colega de quarto irlandesa é brutalmente assassinada. Ela vira a principal suspeita e o centro de umcirco na mídia. A série vai explorar os diferentes níveis de culpa no suspense — do suspeito à polícia, à acusação, defesa, tablóides e família da vítima. Guilt foi para a Fox.

Sister Whipped é uma comédia escrita por Hank Nelken (Saving Silverman) baseada em sua vida. É sobre um homem que cresce educado pelas irmãs e está em busca do que significa ser um homem nos dias de hoje, enquanto luta com a sua “metade mulher” que ele foi educado para ser. Janollari and McPherson are exec producing.

Agents of SHIELD (ABC) nem bem estreou e a Fox já encomendou ao criador de The Mentalist (Bruno Heller) e à Warner uma série com o título da cidade natal de Batman, Gotham. o drama de uma hora vai ser centrado na personagem de DC Comics o comissário  Gordon, que na mais recente trilogia do cinema foi interpretado por Gary Oldman. A série se passa antes de Gordon conhecer Batman e vai mostrar a cidade barra pesada que era Gotham antes do super herói….

Fala-se em dois  spin offs: Modern Family e NCIS. Em Modern Family (produzido pela FOX para ABC), a personage rival de Phil que apareceu na temporada passada, empregando Claire,  o grudento Gil Thorpe, o agente de imovais mais popular da California (interpretado por  Rob Riggle) ganharia sua própria série. E na CBS fala-se em NCIS, desta vez com um spin off em New Orleans, uma cidade de música e festa (e problemas). Seria o segundo spin-off de NCIS (o primeiro é NCIS Los Angeles)

 

4. OUTROS

Esta semana teve o Westdoc em LA sobre unscript television. Leitura interessante

A batalha dos time slots, um artigo curioso sobre a programação deste outono: