semana de 29 de setembro

1. NA TV

Esta noticia deve ter chegado aí, claro: Breaking Bad bateu recordes para o AMC, com mais de 10 milhões ligados no finale (de um domingo super competitivo) e sendo o nº1 no cabo. Só ficou atrás do football americano na ESPN. O reality Talking Bad, que é um programa de debate sobre Breaking Bad foi o terceiro mais visto no cabo, com 4.5 milhões. Em segundo. Sons of Anarchy no FX. Na TV aberta, o campeão da semana foi Big Bang Theory (CBS) com 20 milhões. A nova série com Robin Williams, Crazy Ones (CBS) e The Millers (CBS) também não decepcioaram..

O rapido crescimento de Breaking Bad se deu ao sucesso de crítica crescente, marketing de série cult que começou há um ano e disponibilidade dos episódios em VOD (Neflix e Itunes). O finale também incendiou o twitter: 24milhões de tweets, 22 mil/minuto.  Enquanto isso, o estúdio (Sony) tenta vender outras adaptações pelo mundo (já existe uma em produção na América Latina, Dinamarca e Turquia estão desenvolvendo). Vince Gilligan não esta envolvido nas versões estrangeiras e  tem um show em desenvolvimento para a CBS com David Shore.  Algumas outras considerações

Com marketing de Scandal intenso há um mês e Kerry Washington virando a queridinha da moda, a Disney está sabendo aproveitar. Não sei que acordo fizeram com Saks Fifth Avenue em NY, mas a personagem Scandal ganhou vitrines da Saks. Kerry e alguns colegas da série, mais a figurinista Lyn Paolo fizeram um evento de moda na quarta, com red carpet e tudo. No dia da estréia Kerry, Shonda Rhimes mais dois ou três atores twitavam sobre tudo durante o episódio (roupa de Olivia Pope, atuação, locação, etc.).
Scandal ficou em #1 no horário (quinta às 10) com 10.5MM. é interessante ver a migração da audiência: CBS domina com as comedias das 8 às 9:30 (Big Bang Theory fez 18MM, The Millers 13MM e Crazy Ones 12MM), e às 9h a ABC sobe, com Grey’s Anatomy (9.8MM) e Scandal.

Blacklist está segurando a audiência bem e já ganhou uma full-order de temporada (24 episodios). Super Fun Night estreou muito bem na quarta porque veio logo depois do imbatível Modern Family.

Não disse que Lucky 7 (ABC)  ia ser cancelado? Foi o primeiro cancelamento da temporada enquanto Sleepy Hollow da Fox foi a primeira série a ser renovada para 2ª temporada.

Lifetime estreou ontem House of Versace, a historia de Donatella Versace baseada no livro House of Versace: The Untold Story of Genius, Murder, and Survival. A serie mostra a vida de Donatella (interpretada por Gina Gershon) seus problemas com dinheiro, drogas e família  depois do assassinato de seu irmão Gianni. A estreia foi seguida pelo documentário Versace: Beyond the Headlines.

 

2. NOTICIAS  

Ambos NBC e CNN cederam à pressão politica e cancelaram suas séries sobre Hillary Clinton.

Fox International Channels (FIC) comprou a parte da Paramount Pictures na JV de LAPTV, passando a ter controle total do canal.  Ao mesmo tempo a Paramount renovou seu output deal com a FIC, o que garante acesso aos filmes do acervo (com exceção do Brasil).

Esta semana a Paramount Pictures também anunciou o corte de 100 posições da sua área de cinema (5% da companhia)  e planeja voltar a investir em televisão (o primeiro titulo é o remake de Beverly Hills Cop)

E a Fox International Channels (FIC) também divulgou uma parceria com a produtora israelense Keshet International, responsável por Homeland nos EUA.  Eles vão co-produzir Shkufim (bandeira falsa), uma historia inspirada no assassinato de um líder palestino radical em 2010 em hotel de Dubai. Depois do assassinato, o hotel liberou à imprensa as imagens das câmeras de segurança e fotos de implicando 26 hospedes estrangeiros . A adaptação americana sera sobre 8 americanos aparentemente “normais” que um dia se vem suspeitos de um crime internacional e tem suas caras espalhadas pela imprensa.
Assim como The Walking Dead, DaVinci’s Demons e The Bridge, a série vai ter um lançamento global, provavelmente em 2015, nos 125 canais internacionais da FIC. Keshet deve manter os direitos internacionais de Shkufim

Na segunda, National Geographic Channels International anunciou o lançamento de um canal focado em docu-series sobre gente (e suas inspiradoras historias sobre a fascinante vida do ser humano comum) ao redor do mundo. Nat Geo People sera lançado em 50 paises no começo de 2014. Alguns títulos da programação: David Rocco’s Dolce Vita, Food Lover’s Guide to the Planet, Hook, Line & Sisters e o diário de viagem à países longínquos do jornalista Diego Buñuel em Don’t Tell My Mother

OWN adquiriu os direitos para TV do documentário Bridegroom, favorito do publico do Tribeca Film Festival. O documentário foi inspirado em um video do You Tube sobre um casal gay — Shane Bitney Crone e Tom Bridegroom – que tem seu relacionamento interrompido quando Bridegroom more tragicamente num acidente. A família dele barra toma atitudes legais para barrar a entrada do namorado Crone nos funerais. OWN vai exibir o  doc como parte de um bloco gay no dia 27 de outubro, que vai incluir um edição “Gay in Hollywood” de Oprah’s Next Chapter, com entrevistas com Wanda Sykes, Jesse Tyler Ferguson e Dan Bucatinsky.

A Academia britânica de artes (Bafta) mudou suas regras para permitir que shows produzidos para mídia online, como as produções da Netflix, possam ser considerados no ano que vem. 

Os shows da temporada no Facebook: http://variety.com/2013/digital/news/facebook-reveals-the-new-fall-tv-shows-generating-the-most-buzz-exclusive-1200691238/

Além de entrar em um mercado super competitivo, a Al Jazeera America, que foi ao ar no dia 20 de agosto e está em mais de 40 milhões de lares, tinha um problema de branding forte. Mas com uma qualidade de reportagem excelente, vários exercicios de marca, a identidade de certa forma tem ressonancia com os americanos e pacote gráfico lindo: 



3. DEVELOPMENT

ABC encomendou uma comedia musical ao criador de The Neighbors, Dan Fogelman, Galavant. A comedia é uma fantasia: um místico príncipe quer se vingar de um rei que roubou sua amante.  

Shondaland vai desenvolver outro drama para ABC,  Just Rewards. Escrita por Paul Downs Colaizzo, vai centrar em uma mulher de 40 e poucos anos, divorciada e falida, e seus jovens vizinhos que vivem de bônus que recebem quando solucionam crimes nao resolvidos.

 Os outros quatro projetos de Shondaland em desenvolvimento para a próxima temporada são: Show & Tell  de Dan Bucatinsky, o drama How To Get Away With Murder, um drama de KJ Steinberg e Dana Calvo e uma comedia de Christine Pietrosh e Jessica Goldstein.

Keshet International também fez uma JV com DC Media (dona de Dick Clark Productions) para desenvolver, financiar e produzir unscripted programming em inglês e espanhol para o mercado americano e internacional. Keshet DCP terá os direitos americanos do catalogo da Keshet International (mais de 20 formatos unscripted) .Um dos primeiros formatos que devem entrar em desenvolvimeno será o programa de talentos Rising Star, que acabou de estrear em Israel e usa mídias sociais para votar em tudo que acontece no programa em real time.

NBC esta desenvolvendo com One Three Media (de Mark Burnett) e Virgin Galactic um reality de competição que vai dar ao ganhador ma viagem ao espaço. Space Race esta sendo promovido como “um divisor de aguas” no gênero reality. (sorry, mas o mérito deve ser da Virgin, não?) A serie promete mostrar tudo que se passa no qg de Virgin Galactic em Spaceport America no Novo  Mexico, ponto de partida, treinamento e preparação para a vigem ao espaço.

NBC desenvolvendo duas comédias baseadas em experiências pessoais: uma de Sanjay Shah (de Enlisted) e outra de Chris Case .A de Shah é uma comédia single-camera sobre dois irmãos muito diferentes mais seus pais, imigrantes, enquanto tentam administrar uma franquia de fast-food num bairro meio barra de Sacramento.
Já a de Chris Case é multi-camera , chama-se Maybe It’s Me e se baseia na sua vida de pai de duas meninas, enquanto tenta administrar três mulheres fortes à sua volta: a namorada, a parceira de trabalho e a ex-mulher. Maybe It’s Me do título se refere à sua realização de que todas as mulheres sempre estão insatisfeitas, por isso ele acha que deve ser ele. A produção é da 20th Century Fox

NBC está desenvolvendo The Money Pit, uma comédia baseada no filme (de 1986) com Tom Hanks e Shelley Long. Amblin Television, que produziu o filme na época vai produzir a série para Universal Television. Justin Spitzer, ex The Office, vai escrever. No filme original, Hanks e Long formavam um casal que compra uma mansão que vira uma “draga financeira” (“money pit”), exigindo uma lista interminável de reparos. Spitzer também está desenvolvendo uma comédia sobre a indústria automobilística de Detroit para a Fox e outra para o USA Network.

Brad Garrett  vai voltar a TV numa comédia produzida pela 20th TV para ABC, When The Balls Drop. A série é co-escrita e produzida por ele e baseada na sua autobiografia (que também se chama When The Balls Drop) sobre sua historia: um pai divorciado tenta equilibrar trabalho, casa e as hilárias verdades sobre a meia idade.

A roteirista de Juno, Diablo Cody, vai voltar a escrever sobre o universo adolescente, mas desta vez para a TV, para a Fox. Prodigy é um drama juvenil produzido pela ABC Studios e Josh Schwartz (de OC) que vai contar a historia de uma menina “genia” de 16 anos que é educada em casa, isolada do convívio social com jovens da sua idade.  Mas em busca de uma vida de adolescente normal, antes do mundo acadêmico adulto, ela entra para um high school e acaba andando com uma turma  mais pesada e se vê metida num enredo de crime e romance.

Fox está pedindo mais de Harry Connick Jr. Além de ser  jurado de American Idol, ele deve estrelar uma comedia musical em desenvolvimento na ABC. Harry Connick vai fazer o papel de um bem sucedido cantor, pai solteiro, que tira um tempo da vida profissional para reconectar com a filha adolescente.

Sofia Vergara esta desenvolvendo uma comedia na ABC inspirada em sua vida como mãe solteira, chamada Raising Mom.  Produzida por sua produtora Latin World Entertainment, mais Electus e ABC Studios sera escrita por  Christine Zander (Raising Hope). Raising Mom conta a historia de uma mae e seu filho de 21 anos que se dao conta que fizeram um excelente trabalho educando um ao outro e que chegou a hora da independência.

Ex-roteiristas da equipe de nossa mestra Marta Kauffman, Shana Goldberg-Meehan e Scott Silveri estão desenvolvendo uma comedia multi-camera para a CBS, produzida pela Warner Bros. Shana e Scott, que são casados, trabalharam em projetos individuais como Perfect Couples e Go On (Silveri) e Better With You (Goldberg-Meehan).

Com a Amazon Studio entrando na produção de drama, a empresa contratou Morgan Wandell (ex ABC) para ser head of drama development. Na ABC ela tinha desenvolvido, Brothers and Sisters, Ugly Betty e Criminal Minds.  Os primeiros pilotos da Amazon, em fase de casting, são  Bosch e The After, de Chris Carter.

Em desenvolvimento na Amazon também:  Mozart in the Jungle, de Roman Coppola. Jason Schwartzman e Alex Timbers, baseado em um livro , contando os bastyidores de uma orquestra. The Outlaws é sobre um time de football americano profissional e tem Michael Strahan no elenco. E o terceiro piloto em desenvolvimento é Transparent, criado por  Jill Soloway (da equipe de Alan Ball em Six Feet Under), uma comédia de humor negro sobre uma família em Los Angeles que não tem limites de espaço.

4. US HISPANIC

Na sexta a TV hispânica estava agitada com o anúncio das  mudanças na Telemundo e Fusion, a JV de Disney e Univision, destinada a millenials. Emilio Romano deixa o cargo de presidente da Telemundo e Fusion nomeou Isaac Lee, ex-presidente da Univision News como CEO do novo canal.

 Lionsgate e Televisa assinaram com George Lopez para aumentar sua presença no mercado Latino. Lopez, que é um conhecido ator, produtor e comediante (amado no mercado latino) vai desenvolver programas de televisão, bem como filmes.

E em NY, acontece este fim de semana o Hispanic Summit, evento anual da Broadcasting & Cable, com executivos da NBCU, Time Warner Cable Media, Univision, Telemundo, ESPN Deportes e MundoFOX . Nos debates, a eterna discussão sobre a língua preferencial para o broadcast, second screen, VOD e um update nos demographics. Joe Uva faz o keynote address.