semana de 7 de outubro

1. NA TV

As comédias da CBS, como sempre se saindo muito bem, inclusive as novas como The Millers e The Crazy Ones (só perdeu para Glee esta semana, que com o episódio em homenagem a Cory Monteith fez mais de 7 milhões). Já as comédias da NBC, desabaram e a rede atingiu sua audiência mais baixa numa quinta feira (não vou me supreender se Michael J. Fox Show for cancelado).

Estréia de  Alec Baldwin no late night da MSNBC na sexta tem rendido muitos elogios ao ator. O programa tem abertura musical tradicional (jazz) e continua com uma entrevista para discutir politica (na estréia, um candidato à prefeitura de NY). Ele terminou o programa dizendo que será mais pessoal do que promocional.

AHS
E como diz o ditado, Kathy Bates ri bastante por ultimo: depois de ter sua série Harry’s Law cancelada pela NBC por fazer sucesso com um publico mais velho, Bates  voltou ao ar na quarta-feira em American Horror Story: Coven  (FX) e atraiu 3.9 milhoes  (A 18-49) na estreia, que foi exibida no mesmo time slot que Ironside (NBC). O público de AHS teve media de 35 anos enquanto Ironside teve a media de 58.5 anos e ameaça ser cancelada.

Continuando com AHS: Conven, é a terceira temporada da antologia de horror de Ryan Murphy e Brad Falchuck. A serie estreou com números recordes: 5.54 milhoes, mas  foi derrotada pela bobagem (que continua em #1 cada vez que vai ao ar) Duck Dinasty (A&E) com 7.4 milhoes (A&E promove Duck Dinasty como Real Life Comedy, fazendo uma referência a seu tagline  Real Life Drama).

A&E vai atingir seu objetivo de ser um dos únicos canais a cabo  a exibir 100% de sua programação original em horário nobre. Há 10 anos vem incrementando a produção — seus últimos dois hits são Duck Dynasty e Bates Motel.  Com o objetivo alcançado, A&E lança uma campanha de rebranding com novo tagline BE ORIGINAL  (o anterior era muito bom também: Real Life Drama)

Na segunda feira, Megyn Kelly  estreou na Fox News melhorando a audiência tremendamente, embora não tivesse alterado a performance do canal no grupo que gera mais receita para canais de noticia, A25-54. Um possível motivo seriam os assuntos da semana (paralise do governo, ameaça de inadimplência dos EUA) que fizeram o público preferir  Rachel Maddow na  MSNBC, que sempre “bate mais forte”. Mas na terça, a audiência mais jovem foi em peso para Fox News, que acabou batendo MSNBC e CNN.

 

2. NOTICIAS

O sucesso de Breaking Bad ainda não esfriou: um fã está organizando um enterro real para Walter White em Albuquerque noproximo sabado, 19 de Outubro, com recepção, lápide, doações, etc/ Vai viraratração turística. E a noticia, claro, chegou a todas as colunas de TV.

Downton Abbey só vai ao ar em Janeiro mas a PBS já começa a preparar o lançamento com um sneak peek dia 1º de dezembro exibindo um especial, Return To Downton Abbey,  apresentado por Susan Sarandon. O especial será um recap do que aconteceu até agora, mais o que vem na proxima temporada, editado em três temas: The Changing World of Downton Abbey, The Women of Downton Abbey e Love and Other Relationships at Downton Abbey. O especial também inclui entrevistas com o elenco: Michelle Dockery, Hugh Bonneville, Joanne Froggatt, Elizabeth McGovern, Jim Carter, Shirley MacLaine, Sophie McShera e Laura Carmichael, bem como o criador Julian Fellowes e os produtores Gareth Neame  e Rebecca Eaton.

Discovery e BBC terminam o casamento que durava desde os anos 90 na co-produção documentários de vida selvagem e ciências. O motivo é a briga por direitos internacionals. BBC America deve entrar como co-produtora com a BBC a partir de agora e Discovery busca parceiros independentes.

Os 13 projetos em desenvolminto da 02 estão sendo chamados de “brazilian revolution” pelo Variety: http://variety.com/2013/film/international/brazils-02-filmes-lives-brazils-tv-revolution-exclusive-1200703312/?utm_source=sailthru&utm_medium=email&utm_campaign=rio

A revista Time desta semana discute a popularidade de personagens com doenças mentais, antes um tabu na TV. Convencida que a medicação esteja atrapalhando seu trabalho, Carrie Mathison, a personagem central de Homeland começa a terceira temporada tentando controlar sua doença bipolar com exercícios e terapias alternativas. Medicos argumentam que esta decisão, bem como outras que a personagem toma, estejam influenciando pacientes de doenças mentais.  A matéria também fala da personagem de Lena Dunham em Girls, Hannah

3. DEVELOPMENT

FX anunciou o desenvolvimento de uma miniserie chamada Telemark, baseada na historia veridica dos soldados noruegueses baseados na Inglaterra que ofereciam resistencia a Hitler na II Guera. Será escrita por Simon Beaufoy e produzida por Danny Boyle e Christian Colson.

Mais uma série inspirada no mágico de Oz, desta vez no Lifetime e chamada Red Brick Road, sendo descrita como uma versão edgy de Game of Thrones (?!?!). Será escrita por Tim Schiattman (de Dexter)/

ABC está desenvolvendo o drama Bright Young Things, baseado no best-seller de mesmo nome de Anna Godbersen, e que será produzido por John Wells (ER) e Alloy pela Warner, numa rara colaboração entre duas produtoras de grande porte. O drama conta a historia de duas mulheres que fogem de sua cidadezinha do interior para acabar em Manhattan, uma para tentar ser cantora, a outra para descobrir que seu pai é líder de uma organização criminosa.

Ben Affleck e Matt Damon estão desenvolvendo uma comédia para a CBS: More Time With Family.  Protagonizado pelo comediante Tom Papa, More Time with The Family conta a historia de um homem que abre māo de sua carreira (que requer muitas viagens) para passar mais tempo com sua família. Só que ninguém na família pediu que ele fizesse isso… Concebida por Damon e Papa, será produzida pela empresa de Affleck, Pearl Street Films.

MTV está produzindo versões locais de Catfish no Reino Unido que vão ser exibidas internacionalmente. Outras versões locais também estão sendo produzidas no Brasil e Mexico para exibição em 2014. 

BBC  (Two) e  Playground Entertainment estão desenvolvendo Howards End, uma  minissérie baseada no clássico da literatura inglesa de 1910. Kenneth Lonergan, indicado ao Oscar de melhor roteiro por Gangs of New York, vai fazer a adaptação na sua primeira incursão na televisão. 

Fox vai produzir um piloto de um formato de Israel,  Magic Malabi Express, distribuída pela Dori Media. A comédia conta a historia de três amigos que viajam para o Brasil para vender uma sobremesa israelita que deixa seus consumidores high (viajando?)

CBS encomendou um piloto baseado na serie da ORF, Fast Forward, sobre uma māe divorciada e detetive bem sucedida que equilibra vida pessoal e professional ao mesmo tempo que lida com o ex-marido que é chefe do departamento de Forense. É a primeira vez que um formato austríaco chega aos EUA.

 

4. US HISPANIC 

Time Warner e Univision assinaram esta semana um acordo para distribuição dos canais Univision UniMas, Galavision, Univison Deportes, Univision TLnovelas e El Rey Network. El Rey, a JV de Robert Rodriguez com Univision sera lançado em dezembro. O acordo também inclui conteúdo digital (VOD e TV Everywhere).

Sobre El Rey: o novo canal hispano será em inglês, voltado para o público masculino, e pretende ajudar Univision e Time Warner a expandir  audiência para a segunda e terceira geração de latinos.

Lionsgate e Televisa, que anunciaram um deal de desenvolvimento com GEorge Lopez na semana passada, nesta assinaram um first look deal com Wilmer Valderrama (That 70’s Show) para desenvolver projetos scripted e unscripted para US Hispanic e America Latina.