semana de 2 de dezembro

1. NO AR

Mesmo com patrocinio exclusivo de Walmart, o evento ao vivo da NBC na quinta, a versão teatral do musical mais clássico americano, The Sound of Music, perdeu dinheiro na primeira exibição — vai ganhar nas reprises, DVDs e trilha. O espetáculo foi bom, em estúdio, com orquestra ao vivo e parecia a TV dos anos 50 (eles inclusive anunciaram no inicio da transmissão que desde os anos 50 não faziam isso…ha) e como atriz, Carrie Underwood revelou-se excelente cantora. Custou 9 milhões e os comerciais eram na maioria de cinema: um sneak peek de Saving Mr. Banks e Insisde Llewyn Davis e o promo dos Golden Globes, com Tina Fey e Amy Poehler cantando desafinadas. Audiência foi de 4.6 rating e 18.5 milhões, dando uma vitória à NBC como não via há muito tempo, passando até Big Bang Theory.

[NOTA PARA TiNDA: por alguma razão meu DVR gravou Sound of Music na outra máquina e não na do slingbox. Se você quiser ver, é só ir em “guide”, apertar o canal 1 “XFinity On Demand” e vai estar lá em destaque logo na primeira linha]

Todos os canais cobriram a morte de Nelson Mandela, uma morte anunciada há anos, portanto cheio de programas prontos. CBS e ABC de quinta a sábado tiveram especiais, History e H2 tambem tiveram os seus documentarios. Discovery estréia The Making Of Mandela hoje à noite.

Mandy Patinkin, o Saul de Homeland, apareceu no Live with Kelly and Michael para mostrar a cara sem barba, porque é Dezembro e todos os homens estão se barbeando.

Scandal (ABC), apesar do sucesso de audiência, terá sua temporada reduzida em 4 episódios por causa da gravidez da atriz principal, Kerry Washington. A série cresceu sua audiência em 57% adultos (18-49) e 50% em numeros totais (12.6 milhões), inclusive passando The Blacklist (NBC) em alguns décimos de rating.

Mundo FOX estréia amanhã a novela da Globo, La Vida Sigue (A Vida da Gente), que já foi vendida para 71 paises, com boa audiência no Equador, Portugal e Uruguay.

A&E lançou o primeiro promo de  Those Who Kill que estréia em Março mas que terá sneak peek durante a estréia de Bonnie & Clyde. Na série, Chloë Sevigny faz o papel de uma detetive: http://www.youtube.com/watch?v=AqJIQhnQvUI

E PBS lançou o teaser de Natal de Downton Abbey http://www.telegraph.co.uk/culture/tvandradio/downton-abbey/10502738/Downton-Abbey-Christmas-special-teaser-released.html?fb

Jorge Ramos, apresentador da Unvision, foi ao Jon Stewart promover Fusion. ABC não está poupando do marketing do no canal.

Na quarta teve a despedida de Sam Champion no GMA (ABC), com choradeira e tudo mais. Sam vai ser editor chefe do Weather Channel e muda para Atlanta. Está na época dos outros apresentadores do GMA renovarem contratos também e é pouco provável que ABC vai deixar qualquer um dos outros sair.   Uma nova e inesperada fonte de audiência no GMA é Amy Robuch, que ao fazer uma matéria em Outubro passado promovendo mamografia, descobriu estar com câncer de mama. Ela vai fazer uma cirurgia em breve e todos os dias há alguma nota sobre isso (como foi o transplante de Robin Roberts).

 

2. NOTICIAS

A Globo é a mais recente detentora dos direitos de produção do formato israelense que está fazendo sucesso no mundo todo, Rising Star, da Keshet International, e deve produzir sua versão local no ano que vem. The Rising Star é um programa de talentos com um twist de segunda tela, dando a audiência pode julgar em tempo real (através de um aplicativo). Desde que foi apresentado no MIPCOM, o formato está despertando interesse e vários canais já estão desenvolvendo suas versões locais: ABC (nos EUA), Atresmedia (Spain), ITV (UK), TV2 (Hungary), RTL (Germany), M6 (France) e Rossiya1 (Russia).

Já a TV Record licensiou outro formato da Armoza chamado Special Delivery, um game show que se passa em casa: um entregador de pizza bate na porta e o participante pode comer a pizza ou participar, respondendo 12 perguntas em 8 minutos. É o segundo formato que compram, o primeiro foi I Can Do That.

ABC renovou os especiais de fim de ano com Charlie Brown por mais 5 anos, até 2020. No ar desde 1965 e na ABC desde 2001, todo ano é a mesma coisa e todo ano funciona. Os especiais: It’s the Great Pumpkin, Charlie Brown, A Charlie Brown Thanksgiving e A Charlie Brown Christmas.

Uma reportagem do New York Times revelou uma tendência da publicidade atual que relembra os dias de rádio, quando anunciantes eram proprietários dos programas que patrocinavam: comerciais com atores das séries que patrocinam. Hoje em dia, os comerciais estão na maioria online ou outras platformas digitais, mas são protagonizados pelas mesmas caras  conhecidas da TV, às vezes até com a personagem. O elenco da ABC (Revenge, Modern Family, The Middle) faz comerciais para  Target. Os da NBCUniversal, Jeep (com cenas de Real Housewives, do Bravo) Os da Scripps, Land Rovers.

A 6 meses da copa, Adidas e Fifa lançaram esta semana a Brazuca, bola oficial e para apresentar a bola, adidas criou um video cheio de ação, trilha do The Kinks, com Leo Messi, etc. http://www.youtube.com/watch?v=PImQsVsXCrI

Os 13 episódios de House of Cards voltam todos juntos ao Netflix no dia dos namorados (14 Fevereiro 2014) . O primeiro teaser saiu esta semana (tive que ver umas 3 ou 4 vezes em varios formatos, achando que o problema era no meu computador):http://www.youtube.com/watch?v=1lc6QzxTeZM

Fox anunciou que está com o espaço comercial do Superbowl já totalmente vendido. E como aqui eles competem em tudo, a Fox disse que vendeu tudo um mês antes do tempo que a CBS levou para vender no ano passado. Cada comercial custa $4 million. No inventário disponível, sobram comerciais digitais (a audiência de live strea chega a 10 milhões), pre e pós game.

3. DEVELOPMENT

Depois de 8 anos no Showtime com Weeds, Jenji Kohan vai estrear na HBO, onde cria uma série de época que vai explorar a historia coletiva em Salem num período de repressão e preconceito. Esta produção da Lionsgate, marca a terceira compra da HBO de um estúdio nesta temporada —  as outras foram o piloto sobre sexualidade de Ryan Murphy, Open (20th Century Fox Television)The Leftovers (Warner Bros. Television). E para a Lionsgate, mais uma prova de que é um estúdio em ascensão: eles já estão com séries no Netflix (Orange), AMC (Mad Men), Showtime (Nurse Jackie), ABC (Nashville) e History (Houdini miniseries).

Os produtores da nova trilogia de Terminator  estão entrando com a franquia na TV, com uma série que deve estrear em 2015, escrita pelos mesmos roteiristas dos filmes com tramas que devem se interligar, no cinema e TV.

History está desenvolvendo uma minisérie sobre o general africano Hannibal e seu arqui inimigo Scipio Africanus no ano de 246 AC. Será produzida pela atriz  Halle Berry e Jeffrey Caine de The Constant Gardner deve assinar o roteiro.

Depois de Laurence Olivier e Colin Firth, chegou a vez de Matthew Rhys interpretar o clássico da literatura inglesa Sr. Darcy (de Jane Austen) na minisérie  Death Comes To Pemberley da BBC, que estréia em 26 de Dezembro na Inglaterra e em 2014 na PBS (no Masterpiece, que tambem exibe Downton Abbey). A historia se passa quando Elizabeth e Darcy já estão casados há seis anos e se preparam para um baile quando chega a noticia de um assassinato. Segue-se o suspense e investigação.

MTV deu seu primeiro passo mais ousado depois que Susanne Daniels se tornou presidente: o desenvolvimento de uma série de fantasia, baseada nos livros de Terry Brooks, Shannara. Para a TV, a série será escrita pelos roteiristas de Smallville e dirigida por Jon Favreau. Shannara se passa centenas de anos depois da destruição da civilização e conta a história desta família cujos desecentes tem poderes mágicos e vivem situações que redesenham o futuro da humanidade. Terry  Brooks é a autora que mais vende livros de fantasia para adolescentes, depois de JK Rowling.

4. OUTROS

Esta semana sairam as  indicações do WGA, com o prêmio de melhores roteiros de TV. O comentarista de TV Alan Seppinwall reflete sobre o assunto: http://www.hitfix.com/whats-alan-watching/breaking-bad-netflix-hit-it-big-with-writers-guild-awards-nominations

Artigo da Forbes exaltando a qualidade de produção da televisão: http://www.forbes.com/sites/merrillbarr/2013/12/02/2013-is-televisions-most-inavative-year-in-decades/

A BBC deve montar no ano que vem uma equipe de NewsLabs para “promover um jornalismo mais inovador e experimenta”, com foco em jornalismo visual e  de data. BBC Trending – uma seleçnao de artigos que são tendência em mídias socias pelo mundo —  é um exemplo de como a BBC está se renovando no processo de dar noticias.