semana de 21 de setembro

1. NA TV

Semana inteira de estréias, audiência alta todos os dias…. E canais abertos usando a estratégia de programação da TV a cabo: reprises de suas estreias mais importantes no sábado (Fox na sexta).

O primeiro novo drama desta temporada foi Madam Secretary na CBS, logo depois do football no domingo e imediatamente antes de Good Wife. Fez 14.7 milhões, mas apenas 1.9 de audiência entre 18-49, como é típico da CBS. Se me perguntam a opinião, achei chatíssimo e previsível, mas Téa Leoni tem star-quality e segura.  Good Wife foi bom como sempre, teve 11 milhões.

A segunda foi uma noite super competitiva com Big Bang Theory na CBS fazendo às 8, 18 milhões. O mesmo episódio se repetiu às 8:30 e também fez 18 milhões e quando se somaram os Live + 3, o total subiu mais 6 milhões. Logo em seguida veio Scorpion e teve 13.8 milhões de espectadores. As duas horas de The Voice (NBC), entre 8 e 10, somaram “apenas” 13 milhões, mesmo com os novos coaches, Pharell Williams Gwen Stefani. O número cresceu depois de 3 diasm quando Nielsen divulgou o Live + 3: 18 milhões. Blacklist, logo depois, teve audiência de 12.3 milhões que subiu 5 milhões quando computados os Live +3. Até a estréia da nova temporada de The Millers no final de Outubro, a CBS vai tentar segurar a audiência para Scorpion na segunda feira desta mesma maneira: duas exibições de The Big Bang Theory (o mesmo episódio) .
Na terça, o sucesso “garantido” da CBSNCIS fez 18 milhões, NCIS New Orleans (CBS) fez 17. Na  NBC, Chicago Fire fez 11 e The Voice repetiu seus 13 milhões do dia anterior, Até mesmo com todas as estréias, Univision continuou com uma novela no Top 10: Mi Corazon es Tuyo, com 3.6 milhões.

ABC finalmente acertou nas comédias, com a nova e engraçada Black-ish fazendo dobradinha com Modern Family na quarta. Audiência de 11. 3 milhões cada, ganhando suas faixas de horário. A surpresa foi Mysteries of Laura, com Debra Messing,  na NBC na mesma hora que Modern Family, com boa audiência: 10 milhões.

A quinta, branded de TGIT (thank god it’s thursday) na ABC, arrasou de audiência até no late-night, quando Jimmy Kimmel Live bateu Jimmy Fallon. Audiência de  Grey’s 10 milhões, Scandal: 12 milhões e  How To Get Away With Murder: 14 milhões, ganhando do football na CBS na quinta (mas uma vez somados os números de DVR, o football cresceu para 16 milhões) E como está virando fenômeno pop, todo o elenco de Shondaland tuitava desde as 8 da noite. É muito divertido assistir Scandal assim porque o elenco manda tweets engraçadíssimos e todos eles re-twitam. Vão desde novos bordões a diálogos com as personagens, repetem as falas, chamam atenção do cabelo de Olivia, depilação de Mellie,etc. O Vulture publicou a lista de quem seguir: http://www.vulture.com/2014/09/scandal-twitter-list-who-to-follow.html  Fica a ideia para Lili….

A sexta teve a volta do reality Shark Tank, com um especial de duas horas que ganhou a noite para ABC: 7.1 milhões. A CBS estreou mais uma temporada de Amazing Race,  mas o novo dia (era domingo) derrubou um pouco a audiência (fizeram 5 milhões).

Nada para reportar da TV a cabo, exceto um bom promo institucional do FX com as personagens da estação em alta rotação, “melhor rede da temporada” e seu novo tagline “fearless”:https://www.youtube.com/watch?v=CazbEUpO7I0

 
2. NOTICIAS

O livro semi-autobiográfico de Lena Dunham, Not That Kind of Girl,  que sai na terça, já está sendo super elogiado e ela é comparada a Dorothy Parker e David Sedaris.AMC está procurando fãs de Mad Men para aparecerem em um promo estilo documentário para tease a última temporada  O site pede que fãs de 18 a 80 anos mandem um video de até 90 segundos explicando porque adoram a série, que personagem gostam mais, qual o momento mais chocante, etc.  Os vencedores, além de aparecerem no promo, viajam para LA para um dia de filmagem.

Inline image 2
A primeira comédia de Chelsea Handler para Netflix tem o inspirado título de Uganda Be Kidding Me Live e arte que lembra The Lion King, onde Chelsea segura seu cachorro Chunk como se fosse o Simba. Uganda Be Kidding Me Live começa seu streaming no Netflix no dia 10, vai focar em histórias acumuladas na sua turnê e é o primeiro dos 5 especiais de standup dela antes de estrear seu programa. Inline image 1
Inline image 1
Dois anos depois de ter mudado o nome de Court TV para Tru TV, o canal vai mudar o posicionamento outra vez e se tornar um canal de comédias. Saem definitivamente todos os realities policiais e de garimpeiros de brechós, entram as pegadinhas, competições e piadas. A data para mudança é 27 de Outubro, quando TruTV estréia novo visual, 5 novos programas em uma semana e novo tagline: “Way More Fun“.  http://bcove.me/7cthy3qt Um dos programas em desenvolvimento é em parceria com o Tumblr, Life Hacks, e prometeensinar a “como se dar bem”.
 
3. DESENVOLVIMENTO

Jenna Bans, ex roteirista da equipe de Scandal Grey’s Anatomy está desenvolvendo um thriller para a ABC. O projeto é sobre o filho de um político que reaparece 10 anos depois de ter sido dado como morto. Sua volta deixa a cidade inteira em choque e todos começam a duvidar de sua identidade.E dos produtores de Blacklist vem outro suspense de ação para a NBCEndgame, sobre um ex detetive responsável pela segurança de milionários que é acusado injustamente de matar sua mulher.  Eles prometem sua liberdade desde que deixe de investigar as conspirações que os milionários estão envolvidos.

Rashida Jones Will McCormack  vão desenvolver para a Warner Bros. um drama serializado sobre o amor (novela?) para a ABC. Escrito pelo roteirista de The Best Exotic Marigold Hotel,Ol Parker, o drama vai seguir diversos casais em histórias que se entrelaçam dentro de uma antiga livraria de Seattle. Os casais vão falar da busca do amor, a dificuldade de manter o amor e a magia do amor, entre outros.

4. OUTROS

Destaque do LA Times esta semana: o problema das comédias, um gênero que as redes precisam acertar desesperadamente. http://lostremote.com/american-horror-story-holds-a-fashion-contest_b46481

Gédeon, uma empresa francesa de design e branding, está completando 30 anos e ganhando diversas homenagens de outras agências e criativos. O site do Promax conta um pouco da história e mostra três de seus promos (uma identidade visual de France 4 super criativa, um promo de Dexter lindo  e outro cômico promovendo a volta de 24 com “terroristas tristes”) http://brief.promaxbda.org/content/creative-review-gedeon  Conheci a Gédeon no Futura em 97. Eles fizeram o logo e programação visual, que acho continua a mesma até hoje (o círculo verde).