semana de 13 de outubro

1. NA TV

Sinal dos tempos: The Affair, o super promovido drama novo no Showtime, estreou no domingo passado com números míseros, 500 mil telespectadores. Também era um domingo para competir com Walking Dead, que quebrou recorde, Madame Secretary, Good Wife e football. Mas somados os números Live+3, The Affair subiu para 2.5 milhões, o melhor aumento ever para o Showtime. Walking Dead (AMC) quebrou seu proprio recorde de cabo e fez 17.3 milhões às 9 da noite, batendo até o football (11 milhões) entre A18-49. Talking Dead, o talk show que segue o episódio, fez 6.9 milhões. Quando somados Live + 7, a audiência da série subiu para 22.3 milhões.

Com os números de Live +3 e +7, sabe-se que American Horror Story às quartas está fazendo 10 milhões no FX. Na TV aberta, quem mais está ganhando com esta nova medição é a CBS, subindo em média 13.2 milhões em 7 dias (NBC sobre 12, ABC sobe 10 e Fox, a emissora com perfil mais jovem, sobe 7.4.

Duas boas estréias esta semana: o interessantíssimo documentário How We Got to Now with Steven Johnson na PBS e Jane the Virgin, a série com mais críticas positivas da temporada, no CW. Jane the Virgin é simpática, tem bom humor, ironia e é baeada numa novela venezuelana.

O vídeo viral de Jimmy Fallon mais popular na semana: Brad Pitt e Jimmy dialogando via break dance: https://www.youtube.com/watch?v=wBij_rEXdCk

 

2. NOTICIAS

Esta é realtivamente inédita: Archie Panjabi está deixando uma série de sucesso (The Good Wife, onde faz Kalinda) e pela qual já ganhou um Emmy, para assinar com a Fox (20th Century Television) um contrato de desenvolvimento. Ela deve estrear um programa seu no ano que vem.

Forever 21 fez uma parceria com a Fox e está lançando uma coleção “Simpson’s“. Serão 15 peças com Bart & cia. http://www.forever21.com/Product/Product.aspx?Br=F21&Category=bottom&ProductID=2000070141&VariantID=Inline image 1
O festival anual de TV do Paley Center apresenta a nova temporada de TV através de debates com seus criadores em duas versões: uma na costa oeste, outra na leste. Esta, termina hoje em NY e  promoveu uma reunião especial do elenco e realizadores de The Wire, que incluiu David Simon, Nina Noble, Wendell Pierce, Sonja Sohn, Michael Kenneth Williams, Seth Gilliam, Jim True-Frost, John Doman, Lawrence Gilliard Jr. e Jamie Hector. Dominic West que agora está filmando The Affair, participou em video.O diretor Eli Roth (de Hostel) lançou um concurso de horror via Vine para achar o melhor realizador do gênero e dar a ele a chance de desenvolver uma idea original com ele e produtores do The Blacklist. Segundo Roth, a intenção era  que qualquer um com um smartphone pudesse participar, por isso a ideia do Vine.  Chama-se #6SecondScare e o juri é composto por Roth, Rob Lowe, Kid Cudi, Elijah Wood, Vanessa Hudgens e Quentin Tarantino. O vencedor será anunciado na noite de Halloween durante a maratona de horror no cinema de Tarantino em LA, New Beverly Cinema.
mun2 vai mudar de nome e visual em 1º de Fevereiro e, pelas noticias da programação, deve mudar de posicionamento também. O rebranding coincide com o Super Bowl, que o canal deve exibir pela primeira vez, e os anúncios de programação incluem direitos de 80 horas da FIFA, Nascar Mexico, 5 jogos do NFL e jogos Olimpicos no Brasil.  Segundo o GM, Ruben Mendiola, será “um canal contemporâneo para o Latino nos EUA em todas as plataformas: TV Everywhere, telefone e VOD.Katie Holmes vai voltar a interpretar Jackie Kennedy numa segunda temporada de The Kennedys. Além de atuar, Katie també será produtora executiva de The Kennedys, After Camelot e dirigir um dos 4 episódios. Jon Cassar dirige os outros 3. Estréia em 2016.Maker Studios, a rede do YouTube comprada pela Disney por meio bilhão de dólares este ano, está produzindo em associação com Disney Channel e Disney XD dois especias com a marca Maker. O primeiro deve ir ao ar durante as maratonas Monstober dos dois canais, terá meia hora (22 minutos) e mostrar uma compilação do melhor conteúdo de Halloween do Maker, alinhavada por vinhetinhas produzidas especialmente para a ocasião.

3. DESENVOLVIMENTO

Sofia Coppola  vai dirigir Bill Murray num especial de Natal com para televisão.  É a primeira colaboração dos dois desde Lost In Translation. Murray disse ao Variety que será mais como um filme, com música e texto. Sofia diz que não sabe quando vai ao ar, mas que sua motivação para o projeto é ouvir Bill Murray cantar os clássicos de Natal.

Ben Affleck e Matt Damon vão produzir uma série para o Sci Fi, Incorporated, um thriller futuristico que se passa em uma era onde corporações tem poder ilimitado e um homem quer “combater o sistema”.

Danny Boyle e seu parceiro na produtora (com ótimo nome de) Telly Novella Productions, Christian Colson, assinaram um contrato longo com o FX para desenvolvimento de TV (séries e minisséries). O primeiro produto da parceria será Telemark, de10 episódios, sobre a Segunda Guerra.

Chris O’Dowd  vai levar a comédia semi-autobiográfica Moone Boy, ganhadora do Emmy Internacional em 2013,  para a ABC.  O ator (mais conhecido por Bridesmaids) escreve e atua em Moone Boy, que é sobre um garoto de 12 anos (Martin Moone) e seu sarcástico amigo imaginário que o ajuda a atravessar os momentos mais difíceis da infância.

Mila Kunis está criando sua propria produtora, Orchard Farm, dentro da ABC Studios, com um first look deal para criar séries de TV. Há dois anos ela vendeu Meridian Hills, um drama que explora a liberação feminina dos anos 70, para o CW e que ainda está em desenvolvimento.

NBC está desenvolvendo uma comédia sobre um jogador de futebol gay, Men in Shorts, inspirada em Robbie Rogers, o primeiro jogador de um time oficial a sair do armário nos EUA. Também desenvolve uma comédia inspirada na vida real do ator Arnie Hammer e sua mulher, a também atriz Elizabeth Chambers, sobre um sujeito que é enganado pelos pais, que continuam ligados à ex-namorada dele, mesmo depois dele ter terminado com ela. E Amy Poehler filma a 7ª e última temporada de Parks and Recreation enquanto trabalha em outro projeto de comédia para NBC, sobre uma mulher agnóstica que ganha uma igreja de herança, incluindo funcionários teimosos e voluntariosos.

E mais três séries baseadas em filmes estão em desenvolvimento:
A CBS está fazendo In Good Company, uma comédia baseada no filme de Paul Weitz de 2004. Será produzida pela Universal TV e vai contar a história de um executivo que ganha um chefe novo, que tem metade da idade dele e que ainda vai se envolver com sua filha. In Good Company, o filme, é com Dennis Quaid e Scarlett Johansson e considerado uma sátira à cultura corporativa.
A NBC, mesmo depois do fracasso de Animal Practice,  está investindo numa sequencia para Marley & Me. O novo roteiro será de Jenny Bicks, ex roteirista de The Big C e Sex in The City. E deve ser uma adaptação bem original já que no filme o cachorro morre.
No CW, outro drama de época, desta vez baseado no filme O Ilusionista (que tinha Ed Norton no papel principal). O cenário deve mudar de Vienna para Nova York, mas a história continuará a mesma: um mágico compete com o príncipe para conquistar o coração de uma jovem enquanto é perseguido por um detetive que questiona seus métodos de magia.

Tony Phelan e Joan Rater (ex-Grey’s Anatomy) estão desenvolvendo um drama de advogados para a CBS, sobre uma super advogada de defesa que se apaixona por um de seus clientes acusado de um crime hediondo (e que pode ou não ser culpado).

7 projetos em desenvolvimento no AMC:
American Band
,  do ex jornalista da Rolling Stone, Chris Mundy, narra a história da ascensão de uma nova banda de rock do ponto de vista de um insider.
The Sparrow, uma adaptação do livro de ficção científica de Mary Doria Russell sobre uma missão jesuita que faz contato com aliens.
Search and Destroy,
sobre um soldado americano no começo dos anos 50 e que é enviado para a Argentina para achar fugitivos da Segunda Guerra.
Police State, uma comédia de humor negro sobre um simples segurança de armazém que é recrutado para um orgão de segurança nacional.
Bombingham, um drama com tema racial: a paz na cidade de Birmingham, Alabama é quebrada quando um crime ocorrido em 1963 é descoberto, trazendo à tona fantasmas da era de Direitos Civis.
Sacred Games
, baseado no romance de mesmo nome de Vikram Chandra, é um ensemble sobre como o crime organizado,corrupção política e espionagem na India prejudicam o crescimento da economia em todo sudeste asiático. A história é protagonizada por um policial, um chefe de quadriha, uma estrela de Bollywood, espiões, terroristas e alguns milionários no caos da Mumbai moderna.
Disorder
, um drama sobre a disseminação de um vírus misterioso.

4. OUTROS

Reality TV Impact Report do Variety: um panorama rápido com os maiores criadores de não ficção da TV hoje em dia   http://variety.com/gallery/reality-television-impact-report/

Que os meios de distribuição mudaram e que a oferta hoje em dia é excessiva, todo mundo sabe. O valor está na lealdade aos canais. Entrevista interessante de um EVP de Mídia da Nielsen sobre o assunto (drama, por exemplo, é o gênero que provoca mais lealdade): http://www.nielsen.com/us/en/insights/news/2014/nielsen-tv-loyal-tv-viewers-are-the-desirable-viewers.html

Depois do anúncio que CBS e HBO podem oferecer serviços a la carte, Alan Sepinwall faz sua análise:http://www.hitfix.com/whats-alan-watching/a-la-carte-racing-cbs-offers-cbs-all-access-subscription-service