semana de 29 de março

1. NA TV
Domingo passado,  durante o finale de The Walking Dead – que sem supresas bateu novo recorde de audiência: 15.8 milhões ao vivo — o AMC já mostrou um trailer do spinoff da série, Fear the Walking Dead  que ainda está em pré-produção, e teasers da nova temporada de Halt and Catch Fire e do novo drama Into the Badlands (artes marciais). O talk-show Talking Dead também fez um número bem alto às 11 da noite do domingo: 7.5 milhões. Na HBO, o documentário expondo a Igreja de Cientologia, Going Clear: Scientology and the Prison of Belief, de Alex Gibney, foi o mais visto desde  2006 (quando Spike Lee estreou o seu sobre o furacão Katrina): ao vivo fez ótimos 1. 7 milhões. Este número vai subir consideravelmente com os números de DVR e HBO Go.

Se a Páscoa era um feriado para reflexão e ovinhos (e Os Dez Mandamentos), nesta “era de ouro” virou data para eventos televisivos entupirem o DVR: a semana começou com recordes de audiência para Killing Jesus no Nat Geo, (3.7 milhões, a maior do Nat Geo ever), reprisado na sexta pela Fox News, audiência morna na terça e quarta para The Dovekeepers na CBS (a minissérie de Mark Burnett exibida em dois dias, com 8.9 e 7 milhões) e finalmente hoje estréia A.D.: The Bible Continues,  também de Mark Burnett (e sua mulher Roma Downey) na NBC com 12 episódios.

Com marketing que começou no Thanksgiving em Novembro, o site ShareAD também distribuiu kits para viewing parties, vende o livro sobre a série e, em parceria com o Exercito da Salvação, criou estudos de bíblia online e promove chats depois de cada episódio

As outras estreias de hoje competindo por espaço no DVR são Salem, Mad Men, Wolf Hall (com Damien Lewis no papel de Henrique VIII e promovido em vários canais abertos) e o documentário Sinatra: All or Nothing at All (HBO). No Lifetime, com target especifico, The Lizzie Borden Chronicles, com Christina Ricci.

A noite de domingo é a noite mais importante da TV americana. É quando no ano se estreiam The Walking Dead, The Good Wife, Downton Abbey, Once Upon a Time, Mad Men, Revenge, Madam Secretary ou Game of Thrones (domingo que vem!!!). Ou seja, nem dois DVRs dão conta da programação de hoje e domingo que vem…. Um resumo das estréias da primavera aqui

Younger, de Darren Star, esteou terça no TV Land com 2 episódios seguidos. No TV Land a audiência foi mais ou menos (500 mil), mas com estréia simultânea no Nick Jr e Nick and Nite, a nova série acumulou 1. 3 milhões na noite de terça. O número vai subir. A série é centrada em Liza (Sutton Foster), uma mulher de 40 anos que resolve se passar por 26 para conseguir o trabalho de seus sonhos, mas tem que manter a mentira. O figurino de Patricia Field traz a estilista de volta à cena.

Na quinta, ainda celebrando o aniversário da campanha de “mexa-se” de Michelle Obama, Jimmy Fallon lançou o segundo “Evolution of Mom Dancing”. Não tão genial quanto o primeiro, mas igualmente divertido: https://www.youtube.com/watch?v=_qWuOtP9eZE

E no Spike, ele estreou sua produção (com John Krasinski) que teve origem num quadro do Tonight Show, Lip Sync Battle. Foram dois episódios seguidos, ganharam a noite na TV a cabo (2MM cada) e ele mesmo foi um dos convidados de estréia, contra Dwayne Johnson.

NOTICIAS

Ex president da Disney-ABC, Anne Sweeney, uma das mulheres executivas mais respeitadas e poderosas da indústria, passou a integrar o board da Netflix.

AMC Networks  vai substituir Sarah Barnett, que saiu do SundanceTV para chefiar BBC America, dando mais canais ao presidente do AMC, Charlie Collier, que vai acumular as mesmas funções nos dois canais, Presidente e GM. Sundance, sob o comando de Sarah, tornou-se um canal prestigiado, de dramas de grande porte (e excelentes), como Rectify, The Honorable Woman, The Returned e a minissérie Top of The Lake. Collier vai continuar se reportando ao COO do AMC Networks, Ed Carroll.

Discovery fez seu upfront para o mercado publicitário esta semana, o primeiro do novo president Rich Ross (ex Disney e ex Shine).  Além de anunciar uma audiência em crescimento (A&E e History, que lideravam o ranking há 10 anos, perderam 25% adultos 25-54 e Discovery, com programação que foge do target masculino, subiu) apresentou a nova programação como  “factual autêntica”, com foco em ciências, uma minissérie (a história das Harley-Davidson e seus fundadores) e uma ficção para Investigation Discovery (de Joel Schumacher, sobre crimes em hotéis, Do Not Disturb: Hotel Horrors).  Shark Week continua sendo o evento mais importante, com estréia marcada para 5 de Julho. Dois outros especiais para o ano serão Elevation Weekend, um fim de semana dedicado a climbing e Motor Mondays, segundas dedicadas à programação de ação/motores.

Os programas âncoras de TLC continuam sendo 19 Kids and Counting e My Big Fat Fabulous Life, o posicionamento,  “authentic real people, compelling transformation and larger-than-life stories” e os gêneros Família, Casamento e Momentos Mais Importantes de Vida. Devem lançar os novos realities (adoro programas que se explicam pelo título): Long Lost Family, Hardly Royal, Quinceañera, Brides Gone Styled e Extreme Dream Weddings.

Além de lançar sua própria linha de cosméticos e um selo, a guru de beleza do YouTube, Michelle Phan anunciou sua parceria com Endemol Beyond USA no novo canal de estilo de vida ICON, onde sera diretora criativa. No canal, uma série de programas sobre beleza, moda, bem-estar, faça-você-mesmo, comida e interesses humanos. Os primeiros programas sendo desenvolvidos são Pretty Little Prankers, pegadinhas de beleza, The FAQs, conselhos nesta era digital e Skinside Out, com dicas de alimentação para melhorar a pele. Endemol Beyond arregimenta 500 milhões de views por mês nos seus canais de YouTube, Yahoo, AOL, Amazon Fire TV e ICON estará disponível via Roku, Pluto TV, Facebook, Snapchat, Pinterest, Tumblr e Twitter (Periscope).
Seis anos depois de seu lançamento, a ideia por trás da TV Everywhere ainda é forte, mas os resultados ainda eram oscilantes. Com várias campanhas de promoção, a TV a cabo deve ver uma melhora significativa este ano, segundo o Variety, graças à popularidade do Ipad:  http://variety.com/2015/digital/news/is-cables-tv-everywhere-strategy-finally-poised-to-take-off-1201461381/

O 1º de Abril nos EUA é levado muito a sério e as marcas não perdem a oportunidade de promoção gratuita com produtos/serviços falsos fazendo piada. Este ano, o Google e a Amazon ganharam destaque e o mashable compilou uma lista dos melhores. http://mashable.com/2015/04/01/2015-april-fools-day-pranks/?utm_cid=hp-hh-pri Quanto aos canais, o VH-1 também foi engraçadinho ao postar um promo fake sobre um reality fake: Space D.A.T.E (Dating Above TheExosphere), onde candidatos poderiam viver “um romance em marte” . Kristen Wiig e Will Ferrell anunciaram a produção secreta de um filme para o Lifetime, noticia que vazou em primeiro de Abril e que “por causa disso”, fez os atores desistirem do filme no dia seguinte.

  1. DESENVOLVIMENTO

NBCU fez um upfront de seus canais a cabo na segunda, mostrando os 23 programas que estarão no Bravo, Oxygen e Esquire.

No Bravo, 10 novas séries. Entre elas, as novas Après Ski, Fit Club e My Fab 40th (festas de aniversário de 40 anos) e outro spinoff de Housewives com NeNe Leakes chamado NeNe and Kim: The Road to Riches, onde ela e Kim Zolciak viajam pelo país. Oxygen e Esquire vão co-produzir em conjunto uma docu-série juntando suas duas séries originais Living With Funny e Comedians of LA, onde comediantes deixam as câmeras mostrarem suas vidas pessoais.

Oxygen, em linha com o novo target de mulheres jovens (“millennial woman”), anunciou Crazy Talk, um talk show diario com Tanisha Thomas e Ben Aron, um reality com mulheres de jogadores de football, outro sobre o grupo de bailarinos de Taylos Swift, e  The Hustle, aquele programa sobre assistentes de executivos poderosos da indústria de entretenimento.

O Esquire, um canal com target masculino jovem e afluente (homens metrosexuais), pouco mais de um ano depois de seu lançamento tem enveredado sua programaçao mais para a culinária, versão masculina, e o mais próximo que conseguem chegar de esporte (realities e docu-séries). No upfront, os destaques eram para SOMM, um reality de competição de sommeliers, e The Agent, um agente que é extamente como o do filme Jerry McGuire.

ABC Family está desenvolvendo três novos realities para estrear no verão com a missão de elevar a idade de sua audiência (para jovens de 20 e poucos anos): Startup U, Next Step Realty: NYC e Monica the Medium. Startup U segue um grupo de jovens (millenials) emprendedores por um semestre na Draper University em Silicon Valley. Com um mentor importante, o bilionário Tim Draper, por sete semanas o grupo vai aprender a montar e lançar uma empres, tendo a oportunidade de no final do curso apresentar suas ideias a um painel de investidores dispostos a investir 15 milhões de dólares nas melhores idéias.

Next Step Reality: NYC é um reality sobre agentes de uma corretora de Manhattan-especializada em achar apartamentos para recém-formados Monica the Medium é uma jovem que pode falar com mortos. Depois da programação com target mais velho (de teens para 20+), o canal pode inclusive mudra o nome.

O mais novo  drama em desenvolvimento para a Netflix é um suspense produzido por Shawn Levy e é descrito como uma carta de amor aos clássicos dos anos 80. A história é centrada no desaparecimento de um menino em Montauk (a cidade praiana onde se passa The Affair, em Long Island) em 1980 com elementos sobre naturais. Montauk terá 8 episódios e estréia em 2016.  Outras series previamente anunciadas foram The OA, de Brit Maring  e The Get Down, de Baz Luhrman.

As onipresentes Kardashian vão ganhar outro  reality no E!, mas desta vez centrado nas funcionárias de sua boutique Dash, Dash Dolls.  Serão 8 episódios com as jovens e lindas funcionárias da Dash, que precisam ser lindas, vender roupas e lidar com as divas K.
O E! também anunciou o desenvolvimento WAGS sobre a glamurosa vida de mulheres de atletas profissionais e Stewarts & Hamiltons, sobre a vida da filha de Rod Stewart e da escritora Alana Stewart, Kimberly Stewart, e a filha do ex-marido de Alana, George Hamilton, Ashley Hamilton e seu irmão George Hamilton Jr.

  1. OUTROS 

Artigo de Hernan Lopez (CEO Fox International Channels) na Ad Age: http://adage.com/article/guest-columnists/answer-age-question-ad-work/297845/?utm_campaign=SocialFlow&utm_source=Twitter&utm_medium=Social

Na Ad Age também, um artigo sobre como Fusion está criando uma nova geração de news junkies (aficcionados por noticias): http://www.adweek.com/news/press/how-fusion-pursuing-and-creating-new-generation-news-junkies-163717