semana de 23 de agosto

NA TV

O assassinato dos dois jornalistas no ar foi o grande assunto da TV, inclusive obrigando canais a derrubarem episódios de duas séries de ficção programados para esta semana: o finale de Mr. Robot, do USA, e Documentary Now! (IFC). Tanto o drama quanto a paródia apresentavam situações ficcionais similares com a tragédia real e, em respeito às vítimas, os canais acharam melhor apresentar reprises. Em decisão semelhante, a Fox está diminuindo as cenas do protagonista da série Empire para sua segunda temporada, Terrence Howard, por causa das complicações do ator com a ex-mulher, que tem ocupado muito as colunas de fofoca.

O programa sobre compra de imóveis House Hunters do HGTV foi o original mais visto na TV a cabo na quarta, algo completamente inédito para o modesto canal da Scripps, que tem crescido consistentemente nos últimos anos.  Também na linha design e renovação de ambientes, chegou à TV, uma campanha para o site Houzz (são fofinhos…)

36 Horas é uma excelente coluna de turismo do NYTimes, com dicas pontuais para se passar 36 horas numa cidade, e acabou de virar programa no Travel Channel, reaproveitando muito do que o jornal faz em vídeo. Estamos no segundo episódio, Nashville, e há um foco um pouco maior na culinária. Mas o programa apresenta entrevistas com chefs dos restaurantes indicados, dicas de lazer e hospedagem.

Já sabemos que Fear the Walking Dead (AMC) quebrou recorde na TV a cabo no domingo passado, dia 23, mas agora com os números de Live+3, o número subiu 32%, fazendo outro recorde: 13.3 milhões (8.5 entre 18-49). Além disso, o programa estreou em rede no mundo inteiro, colocando o AMC no Top 10 em todos os mercados pan-regionais. Nos EUA, a estréia no domingo foi precedida de uma maratona de Walking Dead desde o meio dia e foi seguida pelo talk show que debate o episódio, Talking Dead, o segundo programa mais visto da noite. A estratégia de programação é infalível porque mantém o espectador no AMC, aumentando o tempo de permanência no canal.

lifeimitatesamc__twocolumncontentE a campanha de auto-celebração do AMC que acompanha as novas estréias é ótima, destaca as muitas personagens memoráveis do canal como figuras pop e o objetivo é justamente este: mostrar toda sua influência na cultura popular. Está com geo-block agora, mas reenvio na semana que vem.
 The View vai voltar ao ar na semana que vem para sua 19ª temporada trazendo uma das apresentadoras originais do programa, Joy Behar. Joy é uma das apresentadoras mais queridas da TV americana e uma das originais do programa. O programa perdeu relevância ao longo dos anos, mas a volta de Joy Behar vai dar uma boa renovada. Outros dois nomes novos são da atriz Candace Cameron Bure e Paula Faris, jornalista do GMA, que participarão da mesa diária junto com Whoopi Goldberg, Raven-Symoné e Michelle Collins.late-show-03

Falta apenas uma semana para Stephen Colbert voltar ao ar no late night (CBS).  O teatro em NY já tem nova marquise, a lista de convidados da primeira semana já foi divulgada (Clooney, Jeb Bush, Scarlett Johansson, Amy Schumer, o CEO do Uber, entre outros),  ele é capa da Time e a expectativa positiva geral é enorme. Há promos online, no ar, off air e até individuais (este veio da newsletter da CBS).

Outros que vem aí em setembro:

A última temporada de Downton Abbey estréia dia 20 na Inglaterra. E pelo trailer, será mais um fim de era melancólico…

The Voice estréia só dia 21, mas a NBC estreou um trailer de mais de 1 minuto com os coaches brincando com realidade virtual (só que parece animação do Yellow Submarine mesmo).

Vice e HBO co-produziram um documentário sobre o sistema penitenciário que inclui o Presidente Obama visitando uma penitenciária e O trailer estreou esta semana. É a primeira vez que um presidente no cargo visita uma prisão e Obama foi a El Reno em Oklahoma. Estréia dia 27 de setembro.

OUTRAS PLATAFORMAS

OWN: Oprah Winfrey Network estreou na quinta sua primeira loja online, a O Store. Disponível através da Oprah.com/OStore será a distribuidora exclusiva de todo produto da marca  OWN e Oprah. Há uma variedade de produtos para o estilo de vida que Oprah prega (na O List da revista), além de livros e cursos, os O Courses.

Uma das novidades que o “novo” Daily Show vai trazer (com Trevor Noah) é a produção de conteúdo original exclusivamente para plataformas digitais. Se com Jon Stewart tínhamos cenas do programa no Facebook, com Trevor Noah teremos conteúdo produzido por Baratunde Thurston,, humorista e ativista criador de How To Be Black..

Netflix quer  se posicionar como o hub de entretenimento digital para a geração pós-millenial e para isso , está comprando várias séries e filmes protagonizados por celebridades do YouTube.  Alguns títulos recentes são Smosh: The Movie (do canal de mesmo nome que tem 21 milhões de assinantes), Bad Night, de Jenn McAllister e Lauren Luthringshausen, Lost & Found Music Studios, série de meia hora sobre um grupo de jovens músicos, e o excelente (e clássico) Degrassi: Next Class, que trata de temas como homofobia, racismo, drogas e outros desafios do adolescente contemporâneo.

10 dicas da AdWeek para se criar o perfeito hashtag (uma delas: não tente ser muito inteligente): http://www.adweek.com/news/television/10-tips-creating-perfect-tv-show-hashtag-166423

O “efeito instagram” — de imagens filtradas, sombreadas, mais ou menos nítidas, coloridas, estruturadas ou monocromáticas — está transformando a maneira de se fotografar marcas do mercado publicitário e muitos estúdios já estão abandonando fotos milimetricamente perfeitas e bem iluminadas. No lugar delas, há uma tendência a imagens mais “orgânicas” e reais, como é o caso do Taco Bell/

DESENVOLVIMENTO

Shonda Rhimes e Betsy Beers (e sua produtora Shondaland) venderam mais um drama(lhão) para a ABC. Ainda não tem nome, mas será escrito por Alison Schapker (de Lost e Fringe) e será sobre um grupo de freiras lutando contra o fechamento de seu convento quando a chegada  três novas noviças traz à tona segredos enterrados há muito tempo.

NBCU e o Channel 4 inglês estão desenvolvendo uma série de humor negro para VOD. Flowers é sobre uma professora de música que faz de tudo para manter a família unida, apesar de suspeitar que seu marido, um autor de livros infantis, tem um relacionamento gay com o ilustrador japonês dele.

Julie Bowen, atriz de Modern Family, está desenvolvendo uma comédia para a Fox chamada Hipocondríaca, que é baseada em uma telenovela colombiana, La Hipocondriaca, exibida pela Caracol entre 2012 e 2013. Na adaptação uma hipocondríaca tipo A ouve um diagnóstico fatal e parte então para destrutiva descoberta do verdadeiro eu, carregando junto a família e amigos.
ABC está desenvolvendo The Jury, um drama de procedimento escrito pela showrunner de CSI (e braço direito de Zuiker), Carol Mendelson. The Jury  terá um caso por temporada, que será visto pelos olhos do juri e o poder que as 12 pessoas tem para decidir o destino de uma pessoa.  A produção é da Sony.


ANÁLISES/FOOD FOR THOUGHT

Os dois acidentes recentes de Jimmy Fallon puseram este jornalista a divagar como o late night da NBC está muito calcado apenas nos ombros de Jimmy e sua presença no Twitter.

Aquela frase bombástica do Prsidente do FX, John Landgraf, que há um excesso de bons programas na TV (400 séries de ficção este ano versus 211 em 2009) , continua rendendo análises, esta última do NYTimes.

O sindicato de diretores americano (DGA) anunciou a lista de piores e melhores séries de TV para mulheres diretoras e/ou minorias. É impressionante como a maioria esmagadora é masculina.

A queda de audiência é geral: 7% em relação ao ano passado. Nesta matéria do Media Post, alguns números, especialmente dos millenials, abandonando a TV linear completamente.

Esta reportagem é uma curiosidade… Do NPR, rádio público americano, fala como o 1% brasileiro faz suas terras passarem de pai para filho para que se mantenham sempre nas mesma família (entre eles os Orleans e Bragança)

Uma das melhores entrevistas de Quentin Tarantino foi publicada esta semana pela New York e no site Vulture e tem rendido muitas “aspas” em diversos meios, entre elas que ele odiou True Detective e “amou How I Met Your Mother”.