semana de 6 de junho — Obama com Jimmy Fallon, Girls fazem PSA

NA TV

Savannah Guthrie, apresentadora do Today, anunciou que estava grávida no ar na terça e por isso “não ia para as Olimpíadas evitando o risco do Zika virus”. Todos os funcionários da NBC escalados para a Olimpíada  tem a opção de não viajar.

Um grande artigo sobre as novelas da Globo no NYTimes de sexta: elas são uma ameaça às Olimpíadas (o publico preferiria ver novelas que esportes olímpicos).

 

Várias notícias sobre o late night:
Na quarta à noite, o prolífico James Corden, apresentador do late night da CBS foi entrevistado pelo rival Seth Meyers da NBC. E os dois programas foram ao ar ao mesmo tempo. A “mágica” da televisão: o da CBS estava pré-gravado e no da NBC, James Corden estava ao vivo promovendo o Tony.

madonna-obama-800x450Na quinta Obama foi ao Tonight Show with Jimmy Fallon pela primeira vez (onde encontrou com Madonna pela primeira vez tambem e que ficou “sem palavras”).  Um dos melhores quadros foi o slow-jam da notícias (que Obama usou para prestar contas de seu governo). Ainda sobre o Tonight Show, Jimmy Fallon e seus roteiristas contaram segredos sobre a produção do programa num painel promovido pelo Writers Guild para convidados (quinta, em NY, com boa cobertura no Variety).

Também na quinta, o ex-apresentador do late night da CBS, David Letterman deu sua primeira entrevista como “aposentado” (foi substituído por Steve Colbert), onde falou que ele poderia ter sido substituído por uma mulher. A entrevista inteira vai ao ar no domingo , para um dos jornalistas mais respeitados da TV, Tom Brokaw (NBC).

Com a vitória de Hillary Clinton na California na terça, a CNN e MSNBC tiveram um forte pico de audiência — e não a Fox News, sempre em primeiro lugar. A CNN ficou em 1º entre os canais de notícias.

Um caso de estupro na universidade de  Stanford nos EUA está repercutindo de forma impressionante na mídia e redes sociais americanas, principalmente depois que uma apresentadora da CNN, Ashlee Banfield, leu uma carta da vítima a seu estuprador (e o acusado teve pena de apenas 6 meses) Inspirou as protagonistas de Girls a criarem um PSA (public service announcement) publicado pelo Facebook e já visto por 7MM.


NOTICIAS E OUTRAS PLATAFORMAS

Arianna Huffington, que há 10 anos criou o Huffington Post,  quer expandir seu império de mídia: está desenvolvendo uma nova empresa dedicada à bem-estar e saúde, com conteúdo produzido/escrito por celebridades. Vai se chamar Thrive e também deve dar consultoria de saúde para empresas. A noticia é do Ad Age.

Snapchat está redesenhando o look para atrair mais anunciantes (e agradar os que já estão lá). Vai mesclar duas áreas/dois canais: o popular Live Stories, onde o usuário mostra seus vídeos, e o não-tão-popular Discover, que é patrocinado pelo Buzzfeed e a People. Dos 150 milhões de usuários diários de Snapchat, só 1MM vai ao Discover.

Com conteúdo produzido pelo novo estúdio da Pepsi em Los Angeles (mais a agência BBH), um vídeo promovendo um encontro em Washington dedicado ao “empoderamento” das mulheres está fazendo a ronda de blogs esta semana. Tem a primeira-dama Michelle Obama, Meryl Streep, Oprah e Tina Fey entre outras. E o evento que estão promovendo é  “United State of Women” que acontece em Washington dia 14 para discutir questões como a igualdade e capacitação econômica, educação, saúde e violência contra as mulheres.

Sabemos que millenials tem hábitos de consumo diferentes que as gerações mais velhas. Que marcas tem maior ressonância entre eles? O Nielsen destacou várias.

 

DESENVOLVIMENTO

AMC está desenvolvendo uma minissérie de 6 episódios baseada na vida do jornalista David Carr, que morreu no ano passado na redação do NYTimes.  Será escrita por Shawn Ryan (de The Shield) e será baseada na biografia de Carr, The Night of the Gun.

A primeira comédia (ficção) da Vice chama-se Nirvanna The Band show( 10 x 30′) sobre dois amigos de toda vida do Canadá que resolvem criar a maior banda do mundo (levement inpirada na realidade).

 

FOOD FOR THOUGHT

Netflix: amiga-inimiga de Hollywood. Mais do que um meio de distribuição é um estúdio de produção. Uma matéria interessante da Fortune.