semana de 14 de agosto – números da Olimpíada, fim de um drama na MTV

NA TV e OUTRAS PLATAFORMAS

Esquire foi o canal mais rápido a tirar proveito do imbroglio Ryan Lochte na Olimpíada e na sexta fez uma maratona de 4 horas com todos os episódios do reality What Would Ryan Lochte Do?, que foi ao ar no E! em 2013 (e cancelado depois da primeira temporada). 

O Homem Mais Rápido do planeta, Husain Bolt, conseguiu atrair 35MM para a NBC no domingo à noite, mas na quarta, a Olimpíada atraiu seus números mais baixos na TV, 20.6MM.  Com audiência 30% mais baixa que a de Londres ou Beijing, a NBC não chegou nos números prometidos aos anunciantes, que investiram 1.2 bilhões nos 17 dias de eventos. O número de minutos em streaming aumentou em relação a Londres e Beijing e a NBC deve compensar dando mais espaço em outros canais. Mais números na análise do Wall Street Journal.

Já com relação a números totais, o IOC Comitê Olímpico disse que ao menos 3.6 bilhões de pessoas viram algum momento da Olimpíada via TV tradicional. Ou seja, metade da população do planeta.

Simone Biles, a ginasta americana das 5 medalhas, conquistou meio mundo quando disse que “não era a próxima Michael Phelps ou Usain Bolt, mas a primeira Simone Biles. Via Twitter, ela foi convidada para participar de Pretty Little Liars, a série que ela não cansa de dizer que é fã. E via Today Show, seu ídolo Zac Efron apareceu de surpresa, deixando todo mundo de boca aberta.

Depois de Neflix, HBO, a MTV também fez sua docu-série retratando um crime real e prisão injusta, Unlocking the Truth, que foi ao ar na quarta. São 8 episódios, todos contados por alguém que passou 10 anos na prisão por um crime que não cometeu e uma advogada especializada — os dois  investigam três outros casos. Num esforço promocional, o primeiro episódio foi exibido simultaneamente no Facebook Live e YouTube. A série é boa e boa para MTV (que quer voltar a ser o que foi um dia, exibindo conteúdo de 20 anos atrás e se chamando de MTV Classics. Really, TV?).

Na quinta, a imagem de Omran, o menino sobrevivente de um bombardeio em Aleppo, levou a apresentadora da CNN às lagrimas. A CNN postou o vídeo no FB e foi visto por 19 milhões.

Fixer Upper é uma série sensacional e muito popular do HGTV.  Um casal transforma uma casa caindo aos pedaços em algo luxuoso e bem decorado.  O que está acontecendo, para infelicidade do casal de apresentadores, é que as personagens que ganharam as casas renovadas estão colocando para alugar no AirBnb em Waco, Texas.

Segunda estréia Narcos na Univision. É a primeira vez que uma série original da Netflix vai aparecer numa rede aberta americana.

 
NOTICIAS

A primeira baixa de um canal destinado à geração millenial vai acontecer em alguns meses: Pivot TV encerra suas atividades em Dezembro O canal era da Participant Media e tinha a intenção de fazer os mais jovens “pensarem”. Não funcionou. Mesmo com dois programas muito bons: a revista de Joseph Gordon Levitt, HitRecordLive e a ficção Please Like Me.

E depois de muitos meses ocupando espaço na imprensa especializada, chegou ao fim parte do drama que envolve  o dono da Viacom, Summer Redstone, sua capacidade mental, sua filha, sua ex-namorada e seu ex-protegé e CEO da MTV, Phillip Dauman. Phillip sai do cargo depois de 10 anos. Vai levar entre 72 e 90MM.  É um dramalhão longo e chato, mas se alguém se interessar, esta notícia do Hollywood Reporter é informativa o suficiente.

Amazon Video disponibilizou quase todos seus pilotos gratuitamente em seu canal de YouTube e Facebook — incluindo de séries consagradas como Transparent, Mozart in The Jungle e The Man in High Castle, bem como os ótimos infantis Annedroids, Gortimer Gibson’s Life on Normal Street e TumbleLeaf. No Amazon Prime, os pilotos são patrocinados por Geico (seguros). Entre os novos, I Love Dick é ótimo.

 

DESENVOLVIMENTO

Juliana Margulies, a Alicia Florrick de The Good Wife, deve aparecer no spinoff em desenvolvimento na plataforma digital da CBS, CBS All Access. A série, ainda sem título, será centrada na personagem de Christine Baranski, Diane Lockhart, e de Cush Jumbo, Lucca Quinn, e se passar um ano depois do final de The Good Wife.

Lifetime está desenvolvendo um thriller psicológico baseado em Shakespeare. Chama-se A Midsummer’s Nightmare, “inspirado” em Sonhos de Uma Noite de Verão (A Midsummer Night’s Dream), será de terror psicológico, falando do lado negro do amor.

Jill Solloway, a criadora de Transparent, está desenvolvendo uma comédia musical para Amazon.Será uma história de amor e auto-conhecimento de uma mulher.

TBS está desenvolvendo uma série baseada num quadro do Late Late Show de James Corden, Drop the Mic. Serão 16 episódios onde 4 celebridades competem fazendo rap.