semana de 21 de agosto – Lochte dança, Alicia tira maquiagem, Britney volta, Michelle é pop

NA TV

O fim de semana que vem marca o fim do verão e, para alegria geral, o fim da secura na TV!  O late night já voltou ao trabalho, todos particularmente engraçados esta semana: Stephen Colbert debochou de Ryan Lochte, John Oliver debochou de Lochte, Wagner Moura foi ao Kimmel (e falou de Lochte). E Britney fez Carpool Karaoke com James Corden.

Screen Shot 2016-08-26 at 9.01.40 AMNBC continuou com bons números desde domingo: a cerimônia de encerramento das Olimpíadas (17MM) serviu para impulsionar um sneak peek da nova temporada do The Voice (10.3MM), com Alicia Keys (agora Sem Maquiagem, #NoMakeUp até no ar) e Miley Cyrus; America’s Got Talent (11.4MM) na terça impulsionou um bom e inesperado reality cômico, Better Late Than Never (7.3MM), que competiu com uma colagem-retrospectiva dos 20 anos do The View (2.7MM) na ABC e Michael Phelps voltou ao ar para co-apresentar America’s Got Talent de quarta (11MM).

Better Late Than Never (NBC)  é um diário de viagem de 4 senhores conhecidos por 4 países e todos seus choques culturais. Os 4 são dois atores, William Shatner e Henry Winkler, e dois esportistas que viraram apresentadores de TV George Foreman e Terry Bradshaw, todos acompanhados de um comediante jovem, que é para ter conflito, Jeff Dye. É bem engraçado.

The View, além da retrospectiva em prime-time para celebrar seus 20 anos, estréia a nova temporada no dia 6 com novo cenário e nova música tema de Mary J Blige, que inclui video clip com as apresentadoras.

 

NOTICIAS, MARKETING e OUTRAS PLATAFORMAS

michelle-obama-variety-coverA primeira dama Michelle Obama é capa do Variety esta semana e explica como usou seu status de ícone pop a seu favor. “Eu sou fruto de cultura pop”, diz ela. Já o marido é o primeiro presidente americano a aparecer numa experiência de realidade virtual, Through the Ages, onde ele aparece em Yosemite, para celebrar os 100 anos de National Park Service (a foto é do Instagram da Casa Branca).

Ryan Lochte, agora acusado pela polícia carioca, com novo patrocinador e assessoria (PR) especialista em crisis management, Matthew Hiltzik, que já trabalhou com Justin Bieber e Alec Balwin, deverá  participar da próxima temporada de Dancing With The Stars, que anuncia o novo elenco no GMA do dia 30.

Na segunda, a NBC estreou na segunda sua parceria para produzir conteúdo original para o Snapchat com 5 episódios de The Voice on Snapchat. Por 5 semanas, os mentores do The Voice vão julgar vídeos enviados por usuários, escolhendo um vencedor cada e  que pode aparecer na estréia da 11ª temporada da serie no dia 19 de setembro. Os próximos títulos da NBC no Snapchat serão spinoffs do Tonight Show with Jimmy Fallon e Saturday Night Live e um quadro do The Rundown (do E!) exclusivo.

Segundo a Bloomberg, a Apple está desenvolvendo um aplicativo inspirado em Snapchat e Instagram para permitir ao usuário criar um videoblog, com vídeos editados de m enos de um minuto e compartilhado com seus seguidores.  Mais do que uma nova rede social, o objetivo é (sempre) vender Iphones, por isso, o foco deve ser na criação e edição do vídeo.

Para comemorar os 10 anos de Dexter, uma das séries mais bem escrita de todos os tempos segundo o Writers Guild of America, Showtime está dando aos fãs a chance de votar em seus episódios favoritos por um mês. Depois de um mês, o canal exibe no dia 1º de Outubro a maratona #Dexter10 Fan Marathon com os 10 episódios mais votados. E um mês depois, no Halloween, eles estreiam um novo game Dexter.

Stranger Things foi a terceira série mais vista na Netflix a estrear este ano, segundo Symphony Advanced Media, uma empresa independente que me audiência de Netflix, Hulu e Amazon. Netflix não divulga seus números com argumento de que não é movida a anunciantes. Em seus primeiros 35 dias, teve 14MM de espectadores entre A18-49. Como referências: Making a Murderer (13.35MM), Daredevil 2ª temp (13.35MM), Jessica Jones (6.26MM), Unbreakable Kimmy Schmidt (6.08MM).

 

DESENVOLVIMENTO

Britney Spears está em plena fase promocional: além do Carpool Karaoke, este fim de semana ela volta ao VMAs depois de 9 anos e lança um novo disco.  Por cima de tudo, um TV movie do Lifetime, que promete mostrar “sua atribulada vida real”. O filme vai ser produzido por Asylum, que fez os Kennedy, e mostrar desde o início da carreira da jovem de Louisiana e seu relacionamento com Justin Timberlake, até seu desequilíbrio emocional (bem público), onde perdeu a custódia dos filhos até a reconstrução de sua carreira e a bem sucedida temporada em Vegas (ainda em cartaz).

Amazon está desenvolvendo uma série baseada no filme The Departed (que deu o Oscar a Martin Scorsese e tem Jack Nicholson, Matt Damon e Leonardo DiCaprio no elenco) e em Internal Affairs (o suspense chinês em que The Departed foi baseado). A série vai se basear em Chicago nos dias de hoje.

Agatha Christie está tendo uma onda de popularidade estes dias: além de um filme dirigido por Ben Affleck (Testemunha de Acusação), outro por Kenneth Branagh (Assassinato no Expresso do Oriente), a BBC está desenvolvendo mais 7 títulos dela nos próximos quatro anos. Todos filmes (TV e cinema).

FOOD FOR THOUGHT

Screen Shot 2016-08-26 at 10.22.00 AMO The Wrap publica uma rara crítica a Shane Smith (CEO do Vice e que nunca me enganou…ha ha): ele prometia trazer os millenials de volta à TV, agora um ano depois do canal Viceland ter estreado, eles continuam longe da TV.

O mesmo Shane Smith foi ao festival de Edinburgo esta semana fazer outra previsão (provavelmente furada): vai haver um banho de sangue em “mergers and acquisitions” (integrações verticais).  Ele também foi categórico ao dizer às empresas tradicionais que é preciso “abrir e mudar”. O Deadline tem um bom resumo de seu discurso.

Outro artigo interessante do The Wrap: como os criadores/donos de conteúdo deveriam stream seu conteúdo em multiplas plataformas.

O Flavorwire comenta a atualidade de Seinfeld da geração obcecada com a TV.

E uma lição que Trump está dando aos executivos da TV, segundo a Ad Age: ódio à personagem dá audiência.