semana de 23 de outubro – Good Girls Revolt, Megyn Kelly se impõe, Martha Stewart se renova, Napflix dá sono

NA TV e OUTRAS PLATAFORMAS
Hoje estréia na Amazon uma série relevante para o momento atual e bem bonitinha, Good Girls Revolt, sobre o preconceito contra mulheres jornalistas na Newsweek dos anos 70. É baseado num livro que documenta o processo de 50 pesquisadoras exigindo o direito de trabalhar como repórteres — o primeiro episódio se passa em 69 e tem até Nora Ephron, que não aguenta a discriminação e se demite. A narrativa tem falhas (falta foco) mas se houver uma segunda temporada, dá para corrigir.

750x422-1No domingo, a estréia da 7ª temporada de The Walking Dead não só igualou seu próprio recorde de 17MM, mas ajudou o valor das ações do AMC subirem 6% no dia seguinte.  O after show, Talking Dead, foi ao vivo do cemitério Hollywood Forever  debaixo de chuva, com o elenco inteiro com seus guarda-chuvas. Ficando em segundo no ranking (7.5MM). No app e no site, a websérie Fear The Walking Dead, agora na segunda temporada, tem novos episódios que estréiam ao mesmo tempo que o episódio na TV. E finalmente o game The Walking Dead: No Man’s Land vai integrar os episódios da TV, oferencendo cenas de bastidores e conteúdo extra no dia seguinte ao episódio.

A maior estrela da Fox News, Megyn Kelly, deu uma esculhambada em Newt Gingricht esta semana por causa de um comentário dele em apoio a Trump — “você é fascinada por sexo”.  A imprensa revidou em coro: da CNN ao late night e à imprensa tradiional, Kelly virou assunto (ela sugeriu que Gingricht tratasse de sua raiva).  Indo um pouco mais adiante, o NYTimes  indica que pode ser uma indicação da “abertura” da Fox News a ser um canal menos tendencioso (ultra conservador).

Megyn Kelly lança seu livro em 15 de Novembro, e sua primeira parada promocional é o programa de Kelly Ripa na ABC, Live With Kelly, que ela vai co-apresentar no dia seguinte à eleição. E com contrato vencendo no verão de 2017, ela está sendo superassediada.


Martha Stewart
tem uma capacidade de se manter relevante que é impressionante. Além de estar preparando sua nova série para a VH1, onde  ela faz uma parceria inusitada com Snoop Dog, ela conseguiu arregimentar mais de 80 mil pessoas em seu encontro culinário, American Summitt, este fim de semana que ela transmitiu via Facebook Live. Seus vídes no FBLive são bem básicos e ela responde qualquer pergunta. Já a série com Snoop Dog se chama Potluck Dinner Party e os dois foram à Ellen esta semana promovê-lo.

Discovery Life estreia terça um reality onde três pais célebres cuidam de seus filhos por 48 horas, enquanto a mãe não está. Se chama Project Dad e é baseado num formato coreano.

NOTICIAS

A Viacom vai fazer uma experiência no começo do ano que vem permitind live streams de espectadores sejam incorporados em seus programas no ar.  É um passo além dos tweets e opiniões que se veem na tela durante um programa ao vivo, incorporando algo como Periscope, Meerkat e Facebook Live.  Al Roker, do Today Show, já faz em sua produtora algumas peças de 15 a 20 minutos com tema culinária que são transmitidas via Meerkat. E o NYTimes e a New Yorker estão experimentando leitura de notícias e entrevistas através de Facebook Live.

Outra notícia da Viacom esta semana foi de seu novo presidente, Chris Macarthy, o terceiro em 18 meses. A empresa também deve anunciar o novo CEO na semana que vem e a impresna especializada está noticiando que será o presidente da área internacional (e que conhecemos  no Brasil) Bob Bakish.

AT&T, que está comprando a Time Warner por 85 bilhões, vai fazer uma experiência de distribuição com canais a la carte. Por $35 dólares por mês, o consumidor vai poder escolher os canais que quer stream dos 100 disponíveis em Direct TV Now.

 O serviço de streaming do Google, Unplugged, está tomando forma. Na semana passada eles fecharam com a CBS para distribuir sua programação ao vivo. Agora estão em negociações avançadas com Comcast/NBC Universal (que inclui os canais USA, E!, Bravo Syfy, MSNBC, CNBC, NBC Sports), Disney e Fox. Comcast, Disney e Fox controlam o Hulu, que tem planos de virar canal OTT no ano que vem.

Nota da Page Six, uma coluna social de NY, sobre Jimmy Fallon: ele teria sido advertido pela NBC para parar de beber. “A NBC o apoia em tudo o que faz, ele continua líder de audiência no segmento e seu contrato foi renovado até 2021″, mas seus excessos são notórios.

 
MARKETING

No domingo, NatGeo exibe em 171 países sem comerciais, gratuitamente e mais YouTube,Twitter, Hulu, Google Play, Itunes, Amazon e Facebook, um documentário sobre mudança climática produzida e protagonizada por Leonardo di Caprio, Before the Flood. Ele mesmo promoveu o doc via instagram, e a estréia marca o começo de um rebranding do Nat Geo, que agora vai ter um tagline de Further, para retratar uma marca de ciência, exploração e aventura. A partir de 14 de Novembro, com a estréia da série de Ron Howard e Brain Grazer, Mars, eles também perdem o “channel” do nome. E em 2017, Further vira também websérie e coluna da revista.

screen-shot-2016-10-26-at-6-57-31-pm

Good Behavior, a  nova série com Michelle Dockery (de Downton Abbey) estréia dia 15 de Novembro no TNT. Para apoiar a promoção da série, a Saks Fifth Avenue dedicou suas vitrines em NY e Los Angeles para a personagem de Michelle, a trapaceira e problematizada Letty Raines, usando vários de seus disfarces, ilustrado por algumas de suas falas.

Este promo da Amazon para sua comédia Red Oaks é uma produção digna dos anos 80: música cafona, enquadramentos estranhos, texto ridículo e qualidade questionável. Uma homenagem ou um deboche, mas bem engraçado. Red Oaks, a série, se passa em 1986.

screen-shot-2016-10-27-at-7-24-57-pm

Disney fez uma parceria com o museu da cidade de Los Angeles LACMA para uma campanha ótima de Snapchat: contar suas clássicas histórias através de artes plásticas.  Será uma história nova a cada mês, usando algumas das 130 mil obras do museu. A primeira foi a Bela e A Fera.

Norton, mais conhecido como anti-virus de computador, está fazendo uma campanha anti cyberbullying. As peças, bem comoventes, são contadas em tom de documentário e as personagens são todas reais.

DESENVOLVIMENTO

Fox está desenvolvendo uma comédia sobre nado sincronizado com roteiro de Diablo Cody (ganhadora do Oscar por Juno) e Ian Brennan (co-criador de Glee) e produzida por Simon Cowell (o do American Idol). A história gira em torno de uma jovem que tem 26 medalhas e 0 amigos.

Bravo está desenvolvendo Relative Success with Tabatha, uma série que lembra as franquias de Gordon Ramsay mas com salões de beleza: a cabelereira australiana Tabatha Coffey analisa e ajuda salões administrados por famílias.

AMC e o Channel 4 inglês vão co-produzir uma mini-comédia (8 eps), Loaded. O formato é originalmente da Keshet, Mesudarim, e conta a história de quatro jovens amigos que vendem seu start up (um videogame) por milhões e viram players de verdade no mundo dos ricos.  Os temas são: avareza, oportunidade, culpa e como o dinheiro pode destruir amizades.

 
FOOD FOR THOUGHT
Este canal acabou de sser lançado via YouTube e vai bem em linha com o movimento slow TV, Napflix.  É uma coletânea enorme de vídeos de até 3horas para fazer o espectador dormir. Há 7 categorias, que vão de natureza à religião e até mesmo uma viagem de metrô de Canal Street a Coney Island.
 
Refinery29 lançou uma coluna chamada Money Diaries mostrando gastos e hábitos de consumo de jovens (millenials) anônimas. Cada participante relata seu salário, sua cidade e todos os gastos, de alimentação à diversão, durante 7 dias. Serve como inspiração de orçamento.