semana de 22 de janeiro – cord nevers, cartazes da marcha, Mary Tyler Moore

NA TV

A CBS foi a primeira a derrubar a programação na quinta para fazer um especial sobre Mary Tyler Moore, que morreu na quarta.  Sundance e MeTV fazem maratonas no sábado, a PBS reprisa o documentário sobre seus 50 anos de carreira no domingo e os DVDs do MTM Show agora são #1 na lista de bestsellers da Amazon. O Mary Tyler Moore Show foi ao ar na CBS de 1970 a 1977,  ela foi musa da minha geração e abriu o caminho para todas nós que escolhemos uma carreira e fomos parar numa redação de TV.

abcfakeNa onda de fake news, até a respeitada ABC usou uma foto (fake) que tinha sido alterada pela New Yorker  como se fosse sua para promover a entrevista que David Muir fez com o presidente na quarta. Ooops.

Scandal finalmente voltou à ABC, completando a quinta de Shonda Rhimes (TGIT), que junto com o elenco está twitando desde quarta. Ao mesmo tempo, o CW estreou uma versão dramática de outro ídolo do passado, Archie. A série chama-se Riverdale, é jovem, tem diálogos carregados no pop e é sobre o assassinato de um garoto numa cidadezinha no fim do verão.

Uma curiosidade de audiência da TV paga: no domingo passado, 4 programas no Top 15 eram de design/makeover de casas do HGTV, o canal que mais cresce por aqui, e um de cozinha, Worst Cooks 10,  nº 4 de audiência no Food Network (um reality de competição com cozinheiros de pouco talento).

NOTICIAS,  MARKETING, OUTRAS PLATAFORMAS

ffdffsGraças à expressão “fatos alternativos” e o novo presidente dos EUA, o livro 1984 de George Orwell cresceu na lista de livros mais vendidos a semana toda, virou nº 1 na Amazon, foi trending topic do Twitter e vai inspirar obras de ficção. 1984 é sobre um estado totalitário que usa propaganda para controlar seus cidadãos e tanto a CBS quanto Michael Bay estão anunciando desenvolvimento de obras que tratam de “fatos alternativos” e “realidades distópicas”. A CBS vai fazer The Get, série sobre jornalistas que trabalham na internet e tem ténicas investigativas fora do padrão, e Michael Bay vai fazer Little America, um filme sobre como um presidente nos moldes do atual acabou com a economia americana.

Na semana passada, a WomensMarch gerou uma infinidade de cartazes com as mais variadas mensagens únicas, engraçadas, fortes.  No fim do protesto, muita gente deixou as mensagens na frente de prédios simbólicos (como a Casa Branca, Trump Tower, etc) e que agora estão sendo recolhidos por museus e bibliotecas pelo mundo para serem conservados/digitalizados.

screen-shot-2017-01-25-at-8-22-33-pm
De acordo com o NYPost, a Sony estaria aberta a receber ofertas para uma possível venda de suas operações de cinema e TV. Isso chega uma semana depois que o CEO Michael Lynton deixou a empresa para ser chairman de Snap Inc, dona do Snapchat.

Bravo e BuzzFeed estão criando conteúdo exclusivo para o dia dos namorados para promover a nova série do Bravo, Imposters.  Serão quizzes, perguntas e respostas com video 360 e matérias no Buzzfeed. Imposters é a terceira série de ficção deles — sobre uma trambiqueira que reencontra aqueles que enganou — e a primeira vez que o Buzzfeed cria conteúdo para eles (ambos são da NBC Universal).

O Say Yes To The Dress, série do TLC, está lançando um braço filantrópico em parceria com Jada Pinkett Smith  com o projeto Say Yes to The Prom, que vai oferecer bolsas, estágios e coaching para estudantes carentes, bem como os vestidos de baile (usados na formatura), fraques e consultoria de estilo para os 1000 alunos que melhor se desempenharem nas escolas em áreas economicamente desfavorecidas.

Sharon Tal Yguado, executiva que desenvolveu as séries originais da Fox International (como Walking Dead), está indo para o Amazon Studios, que está contratando a rodo.

DESENVOLVIMENTO

Daveed Diggs, que fez sucesso em Hamilton, está desenvolvendo uma comédia para ABC sobre um rapper idealista que se candidata a prefeito como truque de publicidade e quando é eleito, surpreende a todos (inclusive ele mesmo) mostrando talento para fazer o trabalho.

A ABC também vai fazer um piloto com Zach Braff, Start Up, baseado no podcast de mesmo nome. A comédia gira em torno de Alex Schuman (Braff), um jornalista, marido e pai que mergulha de cabeça em seu próprio negócio.

CBS anunciou a produção de um drama com Alan Cumming, Killer Instinct, e outro sem elenco definido ainda chamado Perfect Citizen. Killer Instinct é um procedural sobre um ex agente da CIA trabalhando como professor mas que é chamado de volta à espionagem para pegar um serial killer. Perfect Citizen é sobre um ex diretor do NSA que, após se envolver com a denúncia de um escândalo internacional, começa uma nova carreira em um escritório de advocacia  em Boston, onde tem de enfrentar a opinião pública: metade do país acha que ele é patriota, outra metade o julga um traidor.

Aqui vai o guia do Hollywood Reporter para o que está em desenvolvimento.

FOOD FOR THOUGHT

Leitura interessante sobre algo que ouvi bastante do NATPE: a nova geração é de cord-nevers.

Na newsletter do Nielsen esta semana,  gráficos ilustrativos do uso de redes sociais (dias da semana e tipo de programa). Os eventos ao vivo de esporte são campeões, principalmente aos domingos, mas as série são compartilhadas no Twitter.

Em uma longa entrevista com o C21,  o presidente de conteúdo original do FX, Eric Schier, fala do processo de desenvolvimento deles e como suas séries se destacam da média. FX é o canal com as melhores séries dramáticas e autores da expressão peak TV.