semana de 9 de abril – efeito Trump na ficção e jornalismo, Burger King ativa o Echo da Amazon

NA TV LINEAR e NÃO LINEAR

Uma técnica criativa brilhante mas um pouco invasiva apareceu na TV esta semana, quando um comercial e um promo ativaram o Amazon Echo e Iphone na casa do espectador. O primeiro foi neste comercial do Burger King, quando o apresentador fala as palavrinhas mágicas, “OK Google”, para ativar o auto-falante Echo/Amazon que atende por Alexa. Como Google “não tinha sido consultado” ou pago por isso, eles desabilitaram o spot logo depois que foi lançado, mas o Burger King não desistiu e fez varias versões. Já no promo de Designated Survivor, o narrador pergunta se o espectador quer catch up, então diz para Siri achar a 1ª temporada e qualquer Iphone perto da TV responde.

Homeland
terminou a temporada no domingo em 5º no ranking da noite na TV paga (sua melhor posição até hoje, com ótimos 1.9MM), mas a surpresa foi o nº1, Investigation Discovery, que exibiu Casey Anthony: An American Murder Mystery, um doc em 3 partes sobre o caso (verídico) da jovem mãe matou a filha de 3 anos e foi absolvida. Rendeu a audiência mais alta do canal até hoje: 3MM, provando que para a TV americana, o crime compensa.

Muito se lê que Trump ajudou a aumentar a audiência dos canais de noticia. Pois aparentemente, seus 100 primeiros dias garantiram a maior audiência da história destes canais. Mais especificamente, 44 bilhões de horas, 12% de todas as horas da TV. Os dados são do Pivotal Research Group.

Não é só no late night que o cenário está mudando em favor da CBS. Este gráfico mostra os programas da manhã da NBC/ABC/CBS nos últimos 5 anos. O CBS This Morning, lançado em 2012, tinha 2.5MM de espectadores menos que o Today. Hoje este número diminuiu para 354 mil. O Today ainda é nº 1 no target e o GMA, em números totais.

Este vídeo vai como inspiração porque é bárbaro, uma justaposição de duas imagens que não tem a ver acabam criando uma terceira. É dirigido por um francês, Alex Courtès, e a música é de um grupo francês, Cassius, com Pharrell.

NOTICIAS
O WGA (Sindicato), que representa os 12 mil roteiristas de Hollywood, e AMPTP (Aliança de Produtores de Cinema e TV) estão renegociando seu contrato (de três anos) que vence dia 1º de Maio e não estão avançando. Esta semana, 100 roteiristas de realities, também representados pelo WGA, deixarem o trabalho, reivindicando uma negociação em separado, e o comitê que negocia com AMPTP divulgou um vídeo pedindo o apoio para greve. Faz quase 10 anos da última greve do sindicato de roteiristas – durou de Novembro de 2007 a Fevereiro 2008 – causando atraso em inúmeras produções.

O VH1 fez seu upfront anunciando um novo tagline  (“the place where pop culture comes to party”), a renovação da maioria de suas séries (incluindo RuPaul’s Drag Race) e a produção de novas, como uma docu-série com Ricky Martin em Las Vegas e uma ficção sobre um talk-show apresentado por cinco mulheres que falam sobre a amor, política e estilo de vida, Daytime Divas (10 eps, produção da Sony).

DESENVOLVIMENTO

Maio, mês de sweeps, quando se dá a medição oficial de audiência para anunciantes,  será superpovoado de especiais, entre eles, Fear Factor, o reality da NBC volta repaginado para a MTV,  e o segundo especial de Carpool Karaoke de James Corden em primetime (convidados ainda não anunciados). Na TBS, Corden também ganha uma série saída de um quadro de seu talk show, Drop The Mic.

Netflix está desenvolvendo uma comédia multi-camera juvenil chamada Alexa & Katie, duas melhores amigas prontas para começar o colegial.

FOOD FOR THOUGHT

Duas matérias sobre o efeito de Trump na ficção.  Na da FastCo, roteiristas de The Good Fight, Love, The Carmichael Show discutem como falar do momento político enquanto se mantém fiéis às personagens.  No NYTimes, showrunners de House of Cards, Scandal, Madam Secretary e Veep revelam como as ideias mais absurdas acabaram virando realidade e como mantem suas séries relevantes.

Cinco dos principais âncoras discutem o jornalismo dos dias de hoje em sua primeira mesa redonda do Hollywood Reporter (Gayle King,da CBS, George Stephanopoulos, do GMA, Savannah Guthrie, do Today, Jake Tapper, da CNN, e Brett Baier, da Fox News.

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save

Save